Corinthians empata e segue sem vencer Santo André na era Mano

Sofrendo com o desmanche da equipe e com desfalques, o Corinthians arrancou um empate por 1 a 1 diante do Santo André nesta quarta-feira. Com a igualdade no jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, o Ramalhão mantém a invencibilidade diante do Alvinegro desde que Mano Menezes assumiu o comando no Parque São Jorge.
Agora, na Era Mano, são quatro empates no mesmo número de jogos (as outras igualdades aconteceram por duas vezes na Série B de 2008 e em uma oportunidade no Paulista deste ano).
Com o resultado, o Corinthians aparece na sexta colocação com 24 pontos, enquanto o Santo André segue na 13ª posição, agora com 18 pontos.
Superior na partida, o Santo André abriu o marcador aos 19 minutos do segundo tempo com Marcelinho Carioca em cobrança de falta perfeita. Dez minutos depois, Souza sofreu pênalti, convertido por Chicão.
No próximo domingo, o Corinthians recebe o Avaí no Pacaembu, às 16 horas. No mesmo dia, mas às 18h30, o Santo André enfrenta o Goiás no Anacleto Campanella.
O jogo: Após testar o esquema 3-5-2 no treino da última terça-feira, o técnico Mano Menezes preferiu manter o sistema de jogo consagrado neste ano: o 4-3-3. As novidades foram a escalação de Marcinho na lateral esquerda e de Henrique na vaga do lesionado Ronaldo.
Dúvida para a partida em virtude de um resfriado, Jorge Henrique foi ecalado e criou as duas primeiras chances do duelo. Logo aos seis minutos, Diogo desceu pela direita e cruzou para o camisa 23, que desviou para o gol com perigo.
Na sequência, Jorge Henrique fez jogada pela esquerda e cruzou. Cesinha desviou em direção ao próprio gol e Neneca fez a defesa. Após estes dois sustos, o Santo André resolveu responder.
Na primeira jogada, Rômulo cruzou para Osni, que tocou para o gol e viu Felipe fazer grande defesa. O goleiro voltaria a aparecer logo no sequência, quando Ricardo Conceição invadiu a área pela direita e bateu cruzado.
O jogo não proporcionava grandes emoções e quando estas surgiam eram por parte do Santo André. Em uma delas Marcelinho Carioca assustou em sua especialidade, tão bem conhecida pela torcida corintiana. O camisa 7 cobrou falta venenosa e Felipe se esticou todo para fazer a defesa. Em seguida, o veterano meia cruzou para área, Marcinho falhou e Antônio Flávio carimbou o travessão.
No final do primeiro tempo, o Corinthians ainda esboçou uma reação em lances do estreante Henrique. Na primeira chance, o substituto de Ronaldo aproveitou uma confusão na área, girou e chutou para boa defesa de Neneca. Uma cabeçada do ex-jogador do Guarani ainda seria desviada pelo goleiro do Santo André.
A volta para o segundo tempo continuou deixando clara a falta de entrosamento do Corinthians. Melhor para o Santo André, que chegava ao ataque e parava apenas nas defesas milagrosas de Felipe.
Como aos dez minutos, quando Marcelinho cobrou falta com veneno e o camisa 1 rebateu. No rebote, Ricardo Conceição bateu cruzado e novamente o goleiro evitou o gol do Ramalhão.
Mesmo sem nenhuma organização, o Corinthians tentou partir para o ataque. Jorge Henrique teve a melhor chance, mas parou na boa defesa de Neneca. Em seguida, o goleiro evitou o gol do Alvinegro após um cruzamento de Diogo.
Contudo, logo após o esboço de reação do Corinthians, um dos maiores ídolos da história do Alvinegro, Marcelinho Carioca, tratou de abrir o marcador para o Santo André. O camisa 7 cobrou falta com perfeição e chorou na comemoração.
Mano Menezes ainda tentou alterar o rumo da partida colocando Souza, Marcelinho e Bill. E deu certo. Logo na sua primeira jogada, Marcelinho tocou para Souza, que foi derrubado na área por Marcel. O árbitro assinalou o pênalti e Chicão converteu aos 29 minutos.
No restante da partida, Dentinho conseguiu ser expulso infantilmente, enquanto Marcelinho e Bill ainda tentaram levar o Corinthians à vitória, mas Neneca impediu.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial