Ídolo do Santo André aposta que equipe fica na Série A


O Santo André está na disputa da primeira divisão do Campeonato Brasileiro depois de 25 anos. Naquela época, década de 80, destacaram-se alguns jogadores como o lateral Jaime Boni, o goleiro Tonho e o volante Geime Rotta, que até a última partida do time do ABC contra o Coritiba eram os recordistas de jogos pela equipe, com 20. Porém, foram superados pelo goleiro Neneca.

Ídolo da torcida, Rotta, técnico de futebol, garante que o recorde de de 21 jogos com a camisa do Santo André pelo Campeonato Brasileiro está em boas mãos. “O Neneca é ótimo goleiro, está no Santo André faz tempo (desde 2007) e é um ídolo da torcida”, afirmou. “Fico satisfeito de ver o clube na primeira divisão e com jogadores comprometidos com a sua tradição. Recordes nasceram para serem quebrados”, garante.

Sobre as chances de o clube que o projetou tanto como jogador, quanto como treinador permanecer na elite do futebol nacional, Rotta mostra confiança. “Vendo o time do Santo André e os outros, acredito que a equipe não cai”, afirmou.


Campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo clube em 2003, Rotta destaca a mescla entre jovens talentos, com jogadores experientes, como fórmula para o sucesso. “Trabalhei com alguns dos jogadores na base, como o Nunes, Arthur, Júnior Dutra, Chiquinho, Ricardo Goulart e conheço a qualidade deles. Ao lado de nomes que todo mundo conhece, como Marcelinho Carioca e o Fernando, por exemplo, formam um bom time”.


Fonte: http://www.futebolpaulista.com.br/info_texto.php?cod=29756
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial