Com magnetismo, São Bernardo inova no tratamento de lesões

Não basta contratarem um bom elenco, ter um grande treinador e uma diretoria séria. Inovar é preciso e o São Bernardo Futebol Clube sabe disso. Tanto que deve utilizar a partir da próxima temporada um aparelho para acelerar a recuperação de pequenas lesões, deixando os atletas em condições de atuar no menor período possível. O Cinetofisio, como é conhecido, reduz em até 30% o tempo de tratamento dos jogadores


O aparelho consiste na geração de energia por magnetismo, após atrito entre imãs. No mundo, o Barcelona e a delegação esportiva de Cuba, utilizam a técnica no esporte. “Isso é muito utilizado desde o século passado, só que com os imãs estáticos”, afirmou o fisioterapeuta do clube, Leandro Dias. “Aqui colocamos estes imãs em vibração, pois assim liberam energia, restabelecendo a memória elétrica da célula lesionada, antecipando a recuperação”, explica Dias.

A técnica chamou a atenção do Sport Club Corinthians Paulista e profissionais dos clubes mantêm contato de cooperação e troca de conhecimento em relação ao uso do aparelho. O atacante Ronaldo teve uma tendinite tratada com o Cinetofisio. “Temos experiências de antecipação de até 30% do tempo previsto para recuperação”, garante Dias

O fisioterapeuta das categorias de base do clube do ABC, onde o aparelho está sendo utilizado inicialmente, explica a evolução do tratamento. “Em uma lesão de grau um, por exemplo, em que o jogador precisa de pelo menos 21 dias para iniciar a preparação física, em cerca de 15 dias, poderá voltar, com o uso do Cinetofisio”, estima

O aparelho vem à calhar com as necessidades do clube que na disputa da Série A2 do Campeonato Paulista de 2010. Antes dos profissionais, porém, os jogadores da base serão testados. “Faremos um projeto piloto na Copa São Paulo de Futebol Júnior, aplicando o magnetismo uma hora antes de cada partida, por meia hora e por dez minutos no intervalo do jogo”, revela Dias.



Leandro Dias explica o procedimento. “A tendência é de que essas aplicações reduzam o cansaço dos atletas, assim como acontece no hipismo com os cavalos”, exemplifica. “Se der certo, devemos utilizar a técnica com os profissionais”, completou Leandro. Os fisioterapeutas Jorge Balbino e Hélio Brambini, do elenco profissional, participam dos experimentos com os garotos, para utilizar o aparelho na próxima temporada.

Fonte: http://www.futebolpaulista.com.br/info_texto.php?cod=32750


Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial