Tigre goleia Flamengo em casa e entra no G8

Equipe venceu rival por 3 a 0 e alcançou a faixa de classificação para a segunda fase

Com uma atuação irrepreensível, o São Bernardo Futebol Clube bateu o Flamengo de Guarulhos por 3 a 0 na tarde deste sábado (20/02), no estádio Primeiro de Maio, pela Série A2 do Campeonato Paulista. Com um jogo a mais na tabela, o Tigre alcançou o G8, faixa de classificação para a segunda fase, pela primeira vez. O clube da Região é momentaneamente o 5º colocado com 17 pontos.

A partida começou movimentada. Logo aos 8 minutos, o lateral Reinaldo cruzou do lado esquerdo, Ney Mineiro se antecipou ao goleiro de cabeça, mas mandou por cima do travessão. No minuto seguinte, o meia Nenê avançou e bateu de perna canhota perto da trave direita do goleiro Paulão. A pressão do time da casa continuou. Aos 18, Reinaldo voltou a aparecer bem e cruzou para Ney Mineiro dominar e tocar na saída do arqueiro, que fez ótima defesa.

Dois minutos mais tarde, no entanto, a insistência bernardense foi recompensada. Nenê cobrou escanteio da esquerda e Melika, no primeiro pau, anotou de cabeça o primeiro do Tigre. Aos 22, novo tiro de canto, desta vez da direita, que Ney Mineiro aproveitou, também pelo alto, para marcar o segundo do time no duelo, o quarto dele no estadual.

Após os gols, o São Bernardo diminuiu o ritmo e administrou mais a posse de bola. Antes do intervalo, Andrezão, que já tinha cartão amarelo, fez falta dura em Danielzinho na entrada da área, mas o árbitro Marcelo Duarte não expulsou o defensor.

Logo no primeiro minuto da etapa complementar, a equipe da Região ampliou o marcador. Depois do bate-rebate na área, Reinaldo ajeitou para Adans, que acertou uma bomba no ângulo direito do gol adversário: 3 a 0.

Com o placar adverso, o técnico interino do Flamengo, Toninho Oliveira, colocou Arthur Caruso no lugar de Bruninho e o time de Guarulhos melhorou. Aos 10 minutos, Dykson bateu falta de perna esquerda e assustou Bonan. Em seguida, Arthur chutou forte de fora da área, Marcelo Bonan espalmou e, no rebote, André Bocão chutou para nova defesa do goleiro do Tigre.

Aos 33 minutos, Piovezan chutou da intermediária e Bonan voltou a aparecer para espalmar a bola para a linha de fundo. Danilo também arriscou logo em seguida para outra intervenção do arqueiro bernardense.

Antes do fim do confronto, o técnico Ruy Scarpino ainda colocou Daniel no lugar do volante Zé Forte, que jogou com a camisa 100 em comemoração ao número de partidas disputadas pelo clube. Nos últimos instantes, o Tigre apenas tocou a bola para passar o tempo antes do apito final.

Depois da partida, o técnico Ruy Scarpino ressaltou a boa atuação de sua equipe. “A gente tem procurado dar liberdade a eles, que têm construído os resultados. É bom você poder contar com todo mundo para todos estarem rendendo bem no restante do campeonato”, destacou o comandante, que já pensa no próximo confronto. O Tigre pega o Marília no sábado (27/02), às 16h, novamente em casa, pela 12ª rodada da Série A2.

Foto: Luciano Vicioni

Fonte: http://www.abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=18924

Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial