Ramalhão perde, mas está na final do Paulistão

Mesmo com a derrota por 2 a 1 para o Grêmio-SP neste domingo, time garantiu um lugar na decisão

Pela primeira vez na história, o Santo André está na final do Campeonato Paulista. O Time do ABCD perdeu por 2 a 1 para o Grêmio Prudente na noite deste domingo (18/04), no estádio Bruno José Daniel, mas carimbou seu passaporte para a decisão do estadual por ter vencido o primeiro duelo semifinal, no Interior, pelo mesmo placar. Como obteve melhor campanha na primeira fase da competição, o Ramalhão jogava por dois resultados iguais.
Na grande final, o clube da Região vai encarar o Santos, que passou pelo São Paulo no outro confronto. A primeira partida acontece no próximo domingo (25/04), às 16h. O local do jogo deve ser definido pela FPF (Federação Paulista de Futebol) nesta segunda-feira (19/04).
Exatos 11.835 torcedores acompanharam o duelo no Brunão e vibraram com a classificação do time andreense para a decisão. Após o apito final do árbitro Rodrigo Braguetto, foi feita uma grande festa, com direito a fogos de artifício e comemoração dos jogadores com a torcida.
O jogo – Mesmo podendo perder por até um gol de diferença, foi o Santo André quem tomou iniciativa desde o começo do jogo. Quem abriu o marcador, no entanto, foi o Grêmio Prudente. Aos 14 minutos, Flavinho recebeu lançamento, driblou Júlio César e foi derrubado pelo goleiro na grande área. Penâlti convertido por Tadeu.
A desvantagem caiu como um balde de água fria na torcida da casa, que só pode comemorar o empate aos 35 minutos. O lateral-esquerdo Carlinhos avançou pela esquerda e cruzou para Rodrigão, que furou. No rebote, Branquinho deu passe preciso para Renato Dias apenas empurrar a bola para as redes: 1 a 1.
A alegria andreense, no entanto, durou pouco no Bruno Daniel. Sete minutos depois, novamente Flavinho iniciou a jogada e cavou falta na entrada da área. O veterano Marcos Assunção cobrou a infração e acertou o ângulo direito de Júlio César. A situação poderia ter ficado ainda pior para o Ramalhão aos 45 minutos. Wesley recebeu passe da direita e bateu para o gol, mas Cesinha salvou em cima da linha fatal.
Aos seis minutos da etapa complementar, Flavinho aproveitou vacilo da zaga do Santo André e ficou na cara de Júlio César, que salvou a equipe da Região. A situação andreense só melhorou aos 18, quando Diego recebeu o cartão vermelho pro falta em Cicinho. Aos 20, porém, Carlinhos derrubou Flavinho e, como era o último homem, também foi expulso.
Dois minutos depois, Gil sofreu pênalti de Anderson. Branquinho foi para a cobrança e Márcio caiu no canto direito para defender. O time de Presidente Prudente ainda buscou o gol salvador aos 32 minutos. Marcos Assunção bateu falta de longe e Júlio César voltou a salvar o Ramalhão, que passou a administrar o jogo e garantiu um lugar na final inédita.
Satisfação – Após a partida, o técnico Sérgio Soares exaltou a campanha do Santo André na competição. “Fizemos uma campanha regular e, em cima disso, conseguimos a vaga. Tínhamos uma vantagem e tivemos que utilizá-la. Fomos ofensivos durante todo o campeonato e isso nos colocou na decisão. O time está de parabéns”, ressaltou o treinador.

Por: Walter Fernandes  (wfernandes@abcdmaior.com.br)
 
Foto: Andris Bovo 
 
Fonte: www.abcdmaior.com.br



Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial