Marcelinho Carioca tenta ajudar o Santo André

Ex-jogador dá bronca nos companheiros e exige raça




Marcelinho Carioca é o novo trunfo do Santo André (32 pontos) que encara o América-MG, nesta terça-feira (26/10) à noite, em Minas, na busca de escapar do rebaixamento no Brasileiro da Série B. Candidato a deputado federal derrotado com pouco mais de 56 mil votos (PSB-SP), Marcelinho não vai entrar em campo, mas pode virar o novo “aliado” do técnico Jair Picerni sendo uma espécie de "consultor psicológico" do time.



Em entrevista a uma rádio da Capital, após a vitória do Ramalhão contra a Ponte Preta (2 a 0), no Brunão, Marcelinho fez questão de ir aos vestiários antes do jogo e rever os amigos. Muito mais do que isso: deu uma bronca geral, com anuência do técnico Jair Picerni e da diretoria. Marcelinho falou por quase 15 minutos.



“Boleiro com boleiro se entende. Eu peguei mesmo no pé dos jogadores e não posso me conformar com alguns que são grandes atletas e estão jogando mal. Puxei a orelha (disse, sorrindo) de alguns e eles jogaram com raça e venceram a Ponte Preta”, avaliou Marcelinho, que deve seguir com o elenco para Minas, na partida contra o América.



O “Pé de Anjo” até relatou uma bronca. “Eu disse ao ala Cicinho que ele não estava jogando nada. Que ele foi até elogiado pelo Mano Menezes, num jogo recente contra o Corinthians. Por isso, ele, Cicinho, estava devendo muito futebol. E o menino criou moral e entrou em campo com uma raça incrível. Com fome de bola. É isso aí”, frisou.

Por: Edélcio Cândido  (pauta@abcdmaior.com)

Foto: Fabiano Ibidi

Fonte: http://www.abcdmaior.com.br/
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial