São Bernardo 0 x 2 Paulista - Agora ficou difícil para o Tigre

São Bernardo foi derrotado por 2 a 0, pelo Paulista de Jundiaí, na primeira partida das quartas-de-final da Copa Paulista

São Bernardo do Campo, SP, 23 (AFI) - O São Bernardo foi derrotado por 2 a 0, pelo Paulista de Jundiaí, na primeira partida das quartas-de-final da Copa Paulista, neste sábado, em São Bernardo do Campo. Com o resultado, a equipe terá de vencer por três gols de diferença no próximo sábado, em Jundiaí, para chegar às semifinais da competição estadual.

Agora, o técnico Ruy Scarpino terá uma semana para acertar o time e preparar jogadores importantes do elenco, como Júnior, Dirceu e Leandro Gobatto, que estão entregues ao Departamento Médico, mas podem voltar na segunda partida, marcada para sábado, no Estádio Jaime Cintra, novamente às 16 horas.




Respeito

A partida começou com ambos os times se respeitando e com a observação tática por partes de ambos os treinadores, Ruy Scarpino e Fernando Diniz. O São Bernardo, jogando sem três titulares, o zagueiro Júnior, o volante Dirceu e o meia Gobatto, buscou o gol nos minutos iniciais.



O primeiro bom lance do Bernô foi aos sete minutos, com Diogo Acosta, que acertou belo chute de fora da área e obrigou o goleiro Vinicius a fazer boa defesa. Logo depois, o Paulista passou a acertar a saída de bola, enquanto o São Bernardo errava muitos passes e tinha dificuldades para chegar à área adversária.



A equipe de Jundiaí passou a levar perigo nos contra-ataques, com jogadores rápidos pelas pontas e qualidade nos passes no meio-campo. O primeiro gol do time adversário saiu aos 12 minutos, após cruzamento e bate-rebate na área do Tigre. Atento, o atacante Mike aproveitou e chutou forte no canto esquerdo de Anderson.



Para tentar o empate, o técnico Ruy Scarpino mexeu no time ainda no primeiro tempo, colocando o herói da classificação às quartas de final, Luiz Ricardo, no lugar de Pio. Aos 27, o meio-campista Zé Forte arriscou de fora da área e levou perigo ao goleiro Vinicius, que se jogou para o canto e viu a bola passar raspando a trave direita.



Em outro rápido contra-ataque do Paulista, aos 40 minutos da etapa inicial, Devas lançou Marquinhos, que fez boa jogada individual, invadiu a área e tocou por cima, na saída de Anderson: 2 x 0.



Mudou

No segundo tempo, o São Bernardo voltou com novo esquema tático. Daniel Pereira entrou no lugar de Bruno Alves e o time passou a jogar no 4-4-2. Logo, o São Bernardo começou a pressionar em busca da reação. Primeiro, com Diogo Acosta, que fez boa jogada e tocou para Bady. O camisa 10 do Bernô acertou bom chute, mas a bola passou raspando a trave esquerda de Vinicius. Dois minutos depois, Luiz Ricardo achou Bady, que novamente arriscou e perdeu a chance de diminuir.



Aos 21, após cobrança de escanteio, a bola passou entre as pernas do zagueiro Melika e sobrou para Wellington, que chutou à esquerda do gol do Paulista. O São Bernardo dominou o segundo tempo, com mais posse de bola e mais oportunidades de gol. Raul e Diogo Acosta se movimentavam em busca do gol de honra e levaram perigo ao gol de Vinicius.



Buscando pelo menos um gol para não ser obrigado a golear no segundo jogo, o técnico Ruy Scarpino promoveu a entrada de William Alves no lugar de Zé Forte e, logo na primeira jogada, o meia-atacante avançou pela direita, cruzou, mas a bola passou por Luiz Ricardo e Raul e o Tigre perdeu a chance.



Nos minutos finais os 11 jogadores do Paulista permaneceram no campo de defesa, o time se fechou e o São Bernardo teve mais dificuldades para atacar. Aos 46, Raul tentou uma cabeçada, mas não obteve sucesso e o time de Jundia confirmou o bom resultado em São Bernardo do Campo.



Ficha Técnica



São Bernardo 0 x 2 Paulista



Local: Estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo

Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado.

Auxiliares: Alberto Poletto Masseira e Rogério Pablos Zanardo.

Cartões Amarelos: Melika (São Bernardo); Devas e Sidnei (Paulista).

Gols: Mike aos 12'/1T e Marquinhos aos 41'/1T (Paulista)



São Bernardo

Anderson; Melika, Bruno Alves (Daniel Pereira) e Wellington; Pio (Luiz Ricardo), Zé Forte (William Alves), Niander, Bady e Kauê; Raul e Diogo Acosta.

Técnico: Ruy Scarpino.



Paulista

Vinicius; Henrique, Dema e Marcelo Xavier; Weldinho (João Francisco), Sidnei, Devas, Marquinhos e Luiz Rato (Amaral); Hernane e Mike (Michel).

Técnico Fernando Diniz



Fonte: http://www.futebolinterior.com.br/
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial