EC São Bernardo quer disputar o Campeonato Amador de São Bernardo

* Saulo Leite - Fim de linha para o EC São Bernardo no profissionalismo? Tudo leva a crer que sim. Depois de ficar alguns anos inativo o clube mais tradicional da região, fundado em 3 de fevereiro de 1928, voltou a disputar a Segunda Divisão de Profissonais este ano. Através de uma parceria liderada pelo ex-jogador Palhinha o time não chegou longe e acabou frustrando não só torcedores como os dirigentes.




Sem patrocinadores, o clube
pode dar um adeus definitivo no futebol profissional. O presidente Felipe Cheidde até já manteve contato com a Liga de Futebol de São Bernardo. Objetivo é inscrever o time para disputar o Campeonato Amador. O pior: pelo regulamento terá que iniciar na Terceira Divisão.



A participação visa somente enquadrar o clube nas exigências feitas durante a doação do local onde está a sede do clube. Em 1941 o clube recebeu a doação de Ítalo Setti da área onde seria construido o Estádio Ítalo Setti, maior e mais moderno do ABC na ocasião (na esquina da rua Marechal Deodoro com Prestes Maia). Uma das exigências é que o clube nunca deixe de manter a sua história e dispute sempre um Campeonato de Futebol oficial.



Mas mesmo no amadorismo o EC São Bernardo deve continuar enfrentando dificuldades. Afinal, onde mandar seus jogos? A Secretaria de Esportes teria que colocar um dos vários campos da cidade a disposição do clube. E o elenco como seria formado? Afinal, “amadorismo” hoje em dia é uma palavra apenas “romântica” mesmo no futebol amador. A realidade é que na várzea os jogadores fazem várias exigências para atuar.



Assim, a torcida do bernô vai passar um final do ano frustrante. Para quem esteve perto até mesmo da Primeira Divisão do futebol profissional, terminar na Terceira Divisão do Futebol Amador é realmente o fundo do poço. Por mais que existam divergências políticas é hora da cidade se unir para que o clube volte ao seu verdadeiro lugar.



O EC São Bernardo foi pioneiro na implantação do futsal e basquete na cidade .Foi o próprio clube que construiu a primeira quadra de esportes para estas modalidades. E conquistou vários títulos.



Na verdade a crise financeira no clube começou a partir da metade de 1990. Dificuldade em conseguir patrocinios fez com que o clube ficasse fora das competições de 2002 a 2009 só retornando em 2010. Agora para manter o futebol o clube dá sua última cartada no amadorismo da cidade. Para que o futebol não fique somente na historia do clube.

Fonte: http://www.cliqueabc.com.br/
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial