Tigre vence Funorte no primeiro jogo

Time da Região bateu rival mineiro pelo placar de 1 a 0 nesta quarta-feira, no Baetão




Diante de um bom público presente ao estádio do Baetão, o São Bernardo venceu o
Funorte (MG) por 1 a 0 na tarde desta quarta-feira (05/01) em sua estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O único gol do confronto foi marcado por Soares aos 31 minutos da etapa inicial. Com a vitória, o Tigrinho está na liderança do grupo F ao lado do Paulista, que venceu o Juventude na outra partida pelo mesmo placar.



O próximo adversário bernardense será o time de Caxias do Sul no domingo (09/01), às 14h, novamente no Baetão. Já o Funorte (MG) buscará a reabilitação diante do Paulista no mesmo dia, mas às 16h.



Jogo



Com um toque de bola envolvente, a equipe da casa se manteve no campo de ataque a maior parte do tempo e conseguiu criar as melhores oportunidades. A primeira delas foi aos seis minutos, quando o habilidoso Judson cruzou para Jeferson cabecear forte e obrigar o goleiro Lenílton a fazer grande intervenção.



Pressionado, o clube mineiro só ameaçou a meta do Tigre aos 27 minutos em chute de Fayllon. A bola, no entanto, subiu e foi por cima do travessão. Aos 31, o São Bernardo desencantou. Depois de cobrança de escanteio, Soares subiu sozinho no meio da zaga e anotou de cabeça: 1 a 0 para os donos da casa.



No começo do segundo tempo, a chuva espantou alguns torcedores, mas o Tigre manteve o ritmo. Tanto que perdeu boas oportunidades aos 14 e 19 minutos em cobranças de falta. Aos 27, Luiz Claudio chutou cruzado e Enílton espalmou.



O Funorte quase conseguiu o empate em rápida investida aos 29. Sávio bateu rasteiro e Edson apareceu para desviar pela linha de fundo. Aos 33, a resposta bernardense veio com Luiz Claudio, que recebeu lançamento na direita, fintou o arqueiro e acabou derrubado na área. Mas o meia Judson cobrou a penalidade por cima do gol e desperdiçou a chance de “matar” o jogo.



“Infelizmente errei, mas tenho muita confiança em mim e todos também confiam em meu trabalho aqui dentro”, destacou o confiante jogador após a partida. O armador, aliás, se espelha em Robinho e acredita no título da Copinha. “Dá pra levar este time até as finais”, concluiu Judson, que tem 18 anos e contrato já firmado com a equipe profissional.



O próprio técnico Nívio Caetano destaca o futebol do menino. “Ele é um jogador diferente e tenho pedido para ele driblar, dar chapéu, caneta, pois é o que ele sabe fazer”. Mesmo com o placar magro, o treinador exaltou a atuação de seus comandados. “O Funorte foi valente até o final. Pecamos um pouco nas finalizações por causa da ansiedade da estreia, mas jogamos bem”.

Por: Walter Fernandes  (wfernandes@abcdmaior.com.br)

Foto: Luciano Vicioni

Fonte: http://www.abcdmaior.com.br/
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial