Botafogo 2 x 0 Santo André – Ramalhão segue sem vencer em 2011

O time andreense é o único que ainda não conquistou nenhum resultado positivo no Paulistão
 
Ribeirão Preto, SP, 12 (AFI) – E o jejum continua. O Santo André não mostrou um bom futebol e acabou sendo derrotado pelo Botafogo, por 2 a 0, no Estádio Santa Cruz, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Com isso, o time andreense ainda não sabe o que é
vencer na temporada 2011, sendo o único que não conquistou nenhum resultado positivo neste Estadual.

jogos, sendo seis empates e duas derrotas. O Grêmio Prudente também ainda não havia vencido no Paulistão, mas neste sábado bateu o Linense fora de casa. Embalado com duas vitórias seguidas, o Pantera chegou aos dez pontos e subiu para a nona colocação, entrando de vez na briga por uma vaga no G8. Por outro lado, o Ramalhão segue na zona de rebaixamento, em 18ª lugar, com apenas seis pontos. São seis empates e duas derrotas.
Sem crise
Antes de começar o confronto, o técnico Pintado foi perguntado sobre a discussão envolvendo o lateral-esquerdo Gilberto e o meia Aloísio durante o treinamento na última sexta-feira. Segundo o comandante, não existiu nada demais e tudo isso aconteceu devido a imprensa de Santo André.
"Foi um problema criado muito mais pela imprensa de Santo André, que fez uma reportagem desnecessária. Não aconteceu nada demais", comentou o treinador do Ramalhão.
Pantera manda na partida
Animado com a vitória sobre o São Paulo, o Botafogo começou em cima e não demorou muito para abrir o placar. Logo aos três minutos, Andrezinho cobrou para dentro da área e o zagueiro Augusto desviou de cabeça, tirando do alcance do goleiro Neneca, que apenas olhou. Na sequência, Leandro Carvalho escapou pela esquerda e cruzou rasteiro, mas Assisinho chegou atrasado e não conseguiu completar.
O Santo André não conseguia chegar com perigo ao gol defendido por Júlio César. O primeiro lance aconteceu apenas aos 23, quando Sandoval aproveitou cobrança de escanteio de Juan Felipe e cabeceou por cima do gol. O Pantera tinha maior posse de bola, mas também pouco criava e Neneca pouco fez no primeiro tempo. Aos 28, Rychely recebeu passe na entrada da área e bateu para tranqüila defesa do número 1 do Ramalhão.
Melhor em campo, o Botafogo ampliou aos 33 em uma bonita jogada. Rodrigo Soares cruzou na área e Pablo Escobar apenas ajeitou para o artilheiro Anselmo, que completou de cabeça. Tentando diminuir, o Santo André parou no goleiro Júlio César após chute de Aloísio. O time da casa ainda quase marcou o terceiro no final do primeiro tempo. Anselmo passou para Andrezinho, que bateu travado e a bola passou raspando a trave do goleiro Neneca.
Deu sono...
Os dois times voltaram para a etapa final com as mesmas formações, mas o Botafogo voltou errando bastantes passes, enquanto o Santo André sentia falta de um meia de ligação e pouco criava. Aos oito, Assisinho tabelou com Andrezinho, mas na hora do cruzamento pegou errado e mandou por cima do gol de Neneca. Na sequência, Anselmo recebeu passe de Pablo Escobar e bateu cruzado, mas o goleiro do Ramalhão fez boa defesa.
A resposta do time visitante veio no minuto seguinte. Sandoval aproveitou cobrança de escanteio de Aloísio e subiu livre, mas a cabeçada acabou saindo ao lado da trave. O Pantera perdeu uma grande chance de ampliar o placar aos 20 minutos. Pablo Escobar tocou para Assisinho, que cortou um zagueiro adversário e bateu. A bola saiu raspando a trave defendida por Neneca.
Atrás do marcador, o Santo André tinha maior posse de bola, mas não conseguia furar o bloqueio do Botafogo, que apostava na marcação e tentava sair com velocidade para os contra-ataques. Aos 43 minutos, Romário recebeu do meio-campo e arriscou de longa distância. A bola subiu muito, saindo pela linha de fundo. No último lance, Anselmo passou por dois zagueiros e bateu no ângulo de Neneca, que se esticou todo e mandou pela linha de fundo.
Próximos jogos
O Botafogo volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta a Ponte Preta, às 18h30, no Estádio Moisés Lucarelli, pela nona rodada do Paulistão. No sábado, o Santo André recebe o Paulista, às 19h30, no Estádio Bruno José Daniel.
Ficha Técnica
Botafogo 2 x 0 Santo André
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Giulliano Neri Colisse e Fábio Rogério Baesteiro
Público: 1.846 pagantes
Renda: R$ 31.204,00
Cartões Amarelos: Pablo Escobar e Anselmo (Botafogo); Anderson (Santo André)
Gols: Augusto aos 3’/1T e Anselmo aos 33’/1T (Botafogo)
Botafogo
Júlio César; Eduardo Ratinho (Dida), Augusto, Gabriel e Andrezinho; Rodrigo Soares, Leandro Carvalho, João Vitor (Chicão) e Pablo Escobar (João Henrique); Anselmo e Assisinho.
Técnico: Fernando Diniz.
Santo André
Neneca; Anderson, Sandoval e Marcelo Godri; Iran (Mário Jara), Magno (Aloísio), Romário, Juan Felipe e Valmir; Célio Codó (Borebi) e Rychely.
Técnico: Pintado.

Fonte: www.futebolinterior.com.br
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial