Para Ademir Fonseca, Azulão é chance da sua vida

Treinador chegou nesta segunda e já comanda equipe contra o Prudente na quinta
 
O São Caetano definiu o substituto do técnico Toninho Cecílio, que comandou o time até a segunda rodada do Campeonato Paulista. Contra Ituano (0 a 1), Santos (3 a 3) e Ponte Preta (0 a 0), o Azulão foi dirigido pelo auxiliar Marcio Griggio. Agora, ele volta ao cargo com a chegada de
Ademir Fonseca, ex-Oeste de Itápolis. O novo técnico reuniu-se com a diretoria, assinou contrato até o final da Série B do Campeonato Brasileiro e já comandou o treino da tarde.
O novo treinador desembarca no Anacleto Campanella com a responsabilidade de tirar o time da parte de baixo da tabela. Com um elenco forte em todas as posições, aceitou o projeto de classificar o São Caetano no Paulistão e devolver o time à elite do Campeonato Brasileiro.
“Homens são feitos de desafios. Estava no Oeste, mas recebi uma proposta para o ano todo de um time que tem qualidade e que vai sair desta fase. Com simplicidade e trabalho, vamos passar por este momento com a união. Carpinei muito para chegar num clube como o São Caetano e sei que é a chance da minha vida, assim como a de cada um aqui que, com certeza, deseja ser um vencedor”, afirmou Ademir, que vai estrear nesta quinta-feira (03/02), às 21h, contra o Grêmio Prudente, no Anacleto.
Ademir Fonseca, de 48 anos, começou a carreira no Ituano em 1997. Entre os principais clubes, treinou o Ipatinga-MG, América-RN, CRB-AL, Paysandu, Remo e Vila Nova-GO. No currículo, dois títulos: o Supercampeonato Paulista de 2002 pelo Ituano e o campeonato paraense de 2006 com o Paysandu.

Fonte: www.abcdmaior.com.br
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial