Mito Bernardinho vira alvo de muitas fãs no Baetão

Técnico deu autógrafos no seu livro Transformando Suor em Ouro
 
Nem precisava de uma bola de cristal. No duelo do vôlei feminino do último domingo (27/03), no ginásio do Baetão, entre São Bernardo e Unilever/Rio de Janeiro (3 sets a 0 para as cariocas), no primeiro jogo das quartas-de-final do playoff da Superliga, o ponto alto da partida jamais seriam as estrelas Kátia, Dani Scott, Bia, Sheilla e Mari.
Para muitos no setor de arquibancada lotada, o resultado do jogo pouco importava porque, na quadra, estava um mito inquestionável e que virou na maior atração do confronto. O mito tinha um
nome: Bernardinho, técnico da Unilever, uma década à frente do comando da seleção brasileira masculina, mais de 30 títulos e um tricampeonato mundial (Roma). Nem por isso alguém esticou tapete vermelho para o treinador, mas até não seria exagero. “O Bernardinho tem disciplina, ética, ousadia e não foge do inimigo”, resumiu uma de suas fãs no alambrado, com dois livros de regras  de vôlei nas mãos.
“Moro em Taboão da Serra e o jogo pouco me interessava. Eu queria ver de perto o Bernardinho. Para isso, trouxe o seu livro “Transformando Suor em Ouro” para ser autografado”, disse, ansiosa, Marina Cristina Alves, 22 anos, e que cursa Educação Física no ABCD. Verdadeiro fã clube foi ao Baetão ver e gritar o nome de Bernardinho, que durante o jogo era chamado de “lindo" e "Pelé do vôlei”.
Marisa Suelen Dias, de Santo André, levou também o livro lançado em 2007 pela Editora Sextante e destacou: “Olha essa obra! Na página 109, o Bernardinho usa uma frase antológica de Hugo Bethlem (escritor), que diz: “superação é ter humildade de aprender com o passado, não se conformar com o presente e desafiar o futuro” . Outra frase da obra: “trabalho, mais suor, mais talento...sucesso”.
No final do jogo, Bernardinho deu inúmeros autógrafos e em seu livro “Transformando Suor em Ouro” há uma pirâmide do sucesso que começa com lealdade, amizade, entusiasmo, auto-controle, concentração, iniciativa, atenção, talento, habilidade, postura, confiança, ética, ambição, sinceridade, espírito de competitividade, comprometimento, paciência, combatividade e fé, muita fé.

Por: Edélcio Cândido  (edelcio@abcdmaior.com.br)
 
Fonte: www.abcdmaior.com.br
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial