CONSELHO QUER SALVAR O SETE DE SETEMBRO


Campo e sede social ficam próximo ao córrego Ribeirão dos Meninos

Com alambrado corroído pela ferrugem, traves quase caindo, campo esburacado e sede social e vestiários abandonados, o clube Sete de Setembro (65 anos de vida), de Santo André, quer voltar a
disputar campeonatos no futebol amador da Liga. O local virou depósito de entulhos. Quase todos os dias caminhões despejam caçambas de materiais de construção. A antiga quadra de futsal se transformou em ponto de mendigos e desocupados, que estariam ameaçando quem passa pela rua Igarapava. Sem recursos financeiros, a atual diretoria existe apenas no papel e nada pode fazer.
Por conta da atual caótica situação, o presidente do Conselho Deliberativo, José Valério, 74 anos, exige postura urgente do Departamento de Esporte da Prefeitura de Santo André e do prefeito Aidan Ravin (PTB) para obter subvenção e tentar “reerguer” a praça esportiva. Conselheiros mais antigos preparam abaixo-assinado que será levado aos vereadores para que seja tomada uma posição para o campo, na parte baixa da cidade, não virar "piscinão”. “Nós queremos voltar a disputar campeonatos como nos bons tempos, a fazer festas bonitas na sede e promover shows aos associados. Até a dupla Milionário e José Rico jogou bola aqui", recorda.
Valparaíso
O campo e a sede social do Sete de Setembro ficam entre as ruas Andradina e Igarapava no bairro Valparaíso, ao lado do córrego Ribeirão dos Meninos, divisa com a Vila Vivaldi, em São Bernardo. “É uma vergonha o atual estágio de um dos campos mais bem cuidados do ABCD. Enquanto em São Bernardo a Prefeitura investe nos distritais, em Santo André, o senhor Aidan Ravin faz vistas grossas para o esporte amador. O Sete de Setembro é parte da história da várzea e daqui saíram vários jogadores ao profissionalismo, principalmente do então Santo André FC, do presidente Wigand Rodrigues dos Santos”, lembrou Valério, dirigente que por várias vezes foi presidente do Sete, um dos clubes mais respeitados da Região nas décadas de 1960 e 1970, quando foi revelado o zagueiro Rodolfo (defendeu vários clubes, inclusive, o Santo André) no futebol profissional.


Por: Edélcio Cândido  (edelcio@abcdmaior.com.br)

Fonte: www.abcdmaior.com.br
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial