SANTO ANDRÉ DEVE JOGAR SÓ À TARDE NA SÉRIE A2

Estádio Bruno Daniel está sem as torres da iluminação artificial


Mesmo que o Santo André consiga a liberação do estádio Bruno Daniel (obras paralisadas) com portões abertos ou fechados ao público, está decidido que o time vai
cumprir os seus jogos na Série A2 do Campeonato Paulista no horário das 16h, às quartas-feiras ou domingos. Afinal, com a derrubada da marquise do setor das numeradas, foram destruídas também as torres de iluminação e não haverá como fazer partidas noturnas no meio de semana.
O novo diretor administrativo do clube, Sérgio do Prado, vai reservar a próxima semana para tentar “um jeitinho” de obter aval da FPF (Federação Paulista de Futebol) para liberar a praça esportiva mesmo que seja sem público.  “É um problema que não depende só do bom relacionamento do Santo André com a federação, mas de ordem de regulamento. Se o Brunão for mesmo impedido de uso, vamos buscar novas saídas”, afirma o dirigente, que talvez tenha que sair à caça de estádios no ABCD, caso do Anacleto Campanella, em São Caetano.
Nesta quarta-feira (08/11) correram rumores de que o diretor de futebol Luiz Antonio Ruas Capella estaria 99% fora dos planos do clube, principalmente com a chegada de Sergio do Prado e do supervisor de futebol Alexandre, ex-lateral do clube. É bem possível que o vice-presidente da Saged (Santo André Gestão Empresarial), Romualdo Magro Júnior, também peça licença do cargo por tempo indeterminado a partir de 2 de janeiro para concorrer a uma cadeira na Câmara Municipal nas Eleições de 2012.


Por: Edélcio Cândido  (edelcio@abcdmaior.com.br)
http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=36576
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial