Tigre perde do Penapolense e fica em situação dramática

Derrota por 3 a 1 em casa deixa o time desacreditado pela fiel torcida presente no estádio 1º de Maio

Com um dos elencos mais caros da competição para tentar chegar ao sonhado acesso à elite, o São Bernardo decepcionou os seus 8.256 torcedores na noite desta quarta-feira (11/04), no estádio 1º de Maio, na Vila Euclides, e perdeu em casa para o
Penapolense por 3 a 1, pela segunda fase da Série A-2 do Campeonato Paulista de 2012. Derrota que complica o time do técnico Luciano Dias.
O resultado não poderia ser mais desastroso ao time da Região: dois jogos e duas derrotas (Noroeste e Penapolense) e, agora, com mínimas chances de ainda buscar carimbar seu passaporte às finais. Só se houver uma reação milagrosa. Em compensação, o Penapolense somou quatro pontos, já que empatou na estréia com o Red Bull por 1 a 1.
A torcida deixou o estádio vaiando o time e sem acreditar no futebol de baixo nível do Tigre. No primeiro tempo, o Penapolense saiu na frente, aos 25 minutos, com gol de Luciano Gigante. No segundo tempo, logo aos quatro minutos, Niander ampliou para 2 a 0. Bady, um dos poucos que se salvaram no jogo, diminuiu aos 12, para 2 a 1, mas o time perdeu gols incríveis. Além disso, não soube sair da marcação por pressão do rival. Mais uma vez o goleiro Wilson Júnior foi muito eficiente e evitou uma goleada. Luciano Mandi recebeu vaias já que pouco combateu e errou muitos passes, e o volante Dudu ficou perdido. Para muitos torcedores, o Tigre "se apequenou" diante de um time aplicado e que soube aproveitar bem os contragolpes diante de um meio-campo perdido. Ney Mineiro foi o jogador brernardense mais vaiado pela insatisfeita torcida.
Quase no final do jogo, com a torcida indo embora,  Beto, aos 39,  decretou o nocaute do Tigre: 3 a 1. Não havia explicação para tentar minimizar o resultado negativo para quem precisava dos três pontos. O próximo jogo é contra o Red Bull, neste sábado, às 18h, na capital. Pela primeira vez, o técnico Luciano Dias se mostrou "agoniado no final, irritado, gritando muito com alguns jogadores que não jogaram o suficiente, caso de Ney Mineiro. Outros jogos: Red Bull 1 x 1 Noroeste, Sorocaba 5 x 0 Ferroviária e Audax 2 x 2 Barbarense. O São Bernardo jogou com: Wilson Júnior: Régis (Zé Forte), Márcio Garcia, Tiago Gasparetto e Renato Peixe; Léo, Bady, Dudu e Luciano Mandi; Danielzinho (Júlio Santos) e Ney Mineiro (Ricardinho).

  Por: Edelcio Candido  (edelcio@abcdmaior.com.br)

 Foto: Luciano Vicioni

 http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=39900

Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial