Santo André traz ala esquerdo do União Barbarense

Diretoria acertou contratação a pedido do técnico Peixoto que dirigiu o clube do União
 
O Santo André não perde tempo e nesta quarta-feira (04/07) um novo reforço já inicia os treinos na equipe, de olho no futuro da Série C do
Campeonato Brasileiro.Trata-se do ala-esquerdo César, de 25 anos, que chega por empréstimo junto ao União Barbarense até o final da competição. O novo jogador vem para lugar de Arthur, que se transferiu em definitivo para o Botev Plovdiv, da Bulgária.
Destaque do União, César chegou nesta terça-feira (03/07) após o pedido do técnico Claudemir Peixoto, com quem trabalhou no início deste ano, na campanha do vice-campeonato estadual do União Barbarense. De acordo com o diretor de Futebol do Santo André, Sergio do Prado, essa confiança entre atleta e treinador foi fundamental para o acerto. “A pedido do Claudemir trouxemos o César. Ele foi titular absoluto no União Barbarense e o nosso técnico conhece bem seu estilo”, afirmou o dirigente.
Em sua apresentação no final da tarde desta terça-feira, o ala falou sobre a expectativa de defender as cores do Santo André na competição nacional. “Espero por um campeonato difícil, mas se formos determinados temos tudo para conseguir o acesso”, afirmou César que também comentou sobre como está o seu preparo físico. “Estava treinando, mas a minha condição física ainda está abaixo se comparado com os meus companheiros”, concluiu o jogador.
Verba curta
Com o início do campeonato, a diretoria espera fortalecer o elenco e recuperar o tempo perdido com a paralisação do Brasileiro. De acordo com rumores de dirigentes ligados à diretoria, a folha de pagamento do Santo André, mesmo com grupo sem estrelas, está em torno de R$ 280 mil/mensais. O clube não recebe quase nenhuma ajuda financeira da FPF (Federação Paulista de Futebol). A empresa de artigos esportivos Kanxa renovou contrato para os uniformes e camisas. O Santo André tentou trazer a rede de supermercados Coop para patrocinar o clube, mas mão obteve resposta.
A Coop bancou o clube andreense por dez anos, mas isso quando o presidente do Santo André era Jairo Livolis, amigo particular do presidente da Coop, Antonio José Montes. Jairo hoje cuida da presidência do setor social do EC Santo André, no Parque Jaçatuba. Ex-conselheiro do clube, Ovídio Simpionato, e torcedor próximo à direção do clube, afirma que a administração "está se virando ao avesso para manter o elenco, principalmente depois de o time ficar mais de um mês sem jogar no campeonato". O clube (sem patrocínio financeiro fixo) mantém grupo com 32 jogadores e mais a comissão técnica.

  Por: Edelcio Candidio  (edelcio@abcdmaior.com.br)

 http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=42386


Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial