Brasil pode descobrir mais talentos no futebol, diz Kazu

Ex-atleta e técnico radicado no Japão, Kazu Yamaguchi, vê falta de maior organização nos clubes

 O futebol brasileiro tem alternativas e pode descobrir muito mais talentos do mesmo nível do craque
santista Neymar. A tese é do ex-atleta e atual técnico nascido no Brasil, Kazu Yamaguchi, 50 anos, gestor administrativo das equipes de base do Fukuyama Futebol Clube, do Japão, que escolheu São Bernardo e Santos para oito amistosos em excursão de 15 dias no Brasil.

Após seis exibições da equipe sub-15 em São Bernardo, somando seis derrotas, Kazu admite que tirou “muito proveito” do intercâmbio no ABCD que termina domingo (19/08), em São Bernardo. Na partida disputada terça-feira à tarde no estádio do Baetão, os japoneses encararam os garotos sub-15 do São Bernardo em três tempos de 30 minutos e perderam por 21 a 0 do Tigrinho.

“O Brasil é um País abençoado e em poucos anos estará brigando com as grandes potências do esporte mundial. No futebol, muito mais craques poderiam ser descobertos se houvesse mais escolinhas capacitadas, intercâmbios com outros países, maior apoio das federações, calendários organizados e maior aplicação tática dos atletas”, resumiu.

Kazu é filho de japoneses mas nasceu em Embu das Artes. Com sete anos veio morar com a família em São Bernardo, jogou nas equipes bases do Santos e, aos 25 anos, foi morar em Fukuyama.  "Quase todos os meninos tem seu currículo escolar com a adaptação do futebol. O japonês adora futebol. No Brasil, com maior poder de força no esporte, o futebol revelaria muito mais talentos, com certeza". De acordo com Kazu, os times japoneses jogam mais no 4-2-4, com dois zagueiros fixos, alas que descem e meias que se revezam com os atacantes, num vaivém constante.   

  Foto: Amanda Perobelli 

Por: Edélcio Cândido  (edelcio@abcdmaior.com.br)

 http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=43592
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial