SÃO CAETANO LEVA GOLEADA DO ASA E DEIXA O G4

Time do técnico Sérgio Guedes faz partida irreconhecível em Alagoas


Para se manter no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B, o São Caetano foi a Alagoas enfrentar o ASA nesta terça-feira (28/08) à noite, e acabou
derrotado pela equipe alagoana pelo placar de 4 a 1. O ASA, com o resultado, foi a 24 pontos e se afasta da zona de rebaixamento. Já o Azulão, que vinha bem e chegou a ficar 16 jogos sem derrota, agora permanece com 34 pontos, termina a rodada fora do G4 do campeonato que apresenta grande equilíbrio.
A primeira finalização do jogo foi do ASA, com Roberto Jacaré, que recebeu de Didira e bateu por cima do gol. A resposta do São Caetano veio com Danielzinho, também desperdiçada pelo jogador do Azulão. Aos cinco minutos, Audálio arriscou o chute e Luiz deu um toque na bola para mandá-la pela linha de fundo. Éder bateu falta, mas ninguém do São Caetano conseguiu completar para o gol. A resposta da equipe alagoana veio no cruzamento de Lúcio Maranhão e que Roberto Jacaré não finalizou.
Aos 14 minutos, o ASA abriu o placar. Lúcio Maranhão fez a jogada e bateu cruzado. Didira completou o lance e Samuel Xavier chegou a tirar a bola, mas ela já havia ultrapassado a linha de gol, assim validando o gol do time da casa. O Azulão empatou no lance seguinte. Pedro Carmona bateu falta e Wagner aproveitou o bate-rebate na área para se posicionar e aproveitar a chance e bater para o gol. Leandrão tentou marcar o segundo do time do Azulão aos 23, mas sem sucesso. Aos 25, Lúcio Maranhão teve a oportunidade de finalizar, Luiz se atrapalhou na hora de defender, mas conseguiu evitar que a bola entrasse no gol. Dois minutos depois, contra-ataque do São Caetano, Leandrão cruzou para a área, mas na hora da finalização, a bola foi longe da meta de Gilson.
Pedro Carmona bateu falta aos 31, com a bola indo na barreira e depois para fora. O ASA respondeu em tentativa de Lúcio Maranhão, que bateu para o gol e Luiz fez a defesa. A partida demonstrava um certo equilíbrio, com muita movimentação e chances. Leandrão recebeu de Pedro Carmona, girou e bateu para Gílson defender. Aos 43, Cal cruzou da direita e Rogério não conseguiu alcançar a bola, desperdiçando mais uma chance pelo ASA.
No começo do segundo tempo, o time de Arapiraca teve boa chance de marcar, mas ninguém completou a bola para o gol. Aos cinco minutos, Danielzinho dominou, tirou o zagueiro do ASA da jogada e bateu cruzado, para fora. O Azulão teve chance em cobrança de falta, mas não conseguiu ser bem sucedido na jogada. Aos 12 minutos, em jogada pela direita de Lucas, Samuel Xavier tentou afastar o perigo, mas acabou colocando a bola contra o próprio gol, desempatando o placar para o time alagoano. Aos 23 minutos, o terceiro do ASA, marcado por Didira. Ele dominou a bola, veio para o meio e bateu para encobrir Luiz. Rogério recebeu e bateu por cima de Luiz, aos 26 minutos. Aos 29, Danielzinho tentou o chute cruzado e Gílson conseguiu fazer a defesa.
O árbitro marcou pênalti de Gílson em Danielzinho aos 31 minutos, após o goleiro do ASA ter soltado bola que havia sido cruzada do lado direito do campo. Pedro Carmona foi para a cobrança e Gílson defendeu. Cal, aos 34, fez o cruzamento da direita e Rogério Maranhão cabeceou mal a bola. Aos 36, Pedro Carmona bateu falta e Wagner desviou de cabeça para longe do gol. Enquanto o ASA controlava o jogo e esperava os erros do São Caetano para ir ao contra-ataque, a equipe da região não conseguia ter domínio da bola. Aos 46, o ASA chegou ao quarto gol. Lúcio Maranhão fez a jogada pela direita, invadiu a área, driblou Luiz e tocou para o gol vazio, liquidando a partida em Arapiraca. O São Caetano joga contra o Avaí na próxima rodada, em casa. O ASA visita o Grêmio Barueri.

ASA (AL): Gilson; Fabiano, Audálio e Edson Veneno (Irineu); Gabriel, Cal, Lucas (Davi Ceará), Didira e Thalisson; Roberto Jacaré (Rogério Maranhão) e Lúcio Maranhão.
Técnico: Nedo Xavier

São Caetano: Luiz; Samuel Xavier (Alan), Eli Sabiá, Wágner e Diego Corrêa; Augusto Recife, Moradei, Éder  (Geovane) e Pedro Carmona; Danielzinho e Leandrão (Vandinho). Técnico: Sérgio Guedes.

 Juiz – Gilberto Rodrigues.

* Com informações do site da Federação Paulista de

Por: Edélcio Cândido  (edelcio@abcdmaior.com.br)

Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial