São Caetano sobe ao topo do G4 e foca elite do Brasileiro

Após empate sem gols contra o Goiás, Azulão acumula 16 jogos invictos na competição

O São Caetano deixou para trás o ostracismo das últimas posições no início da Série B do Campeonato Brasileiro para se tornar a atual
 referência do futebol profissional do ABCD. Após a troca do técnico Márcio Araújo, quando o time estava mal, o grupo recebeu injeção de ânimo com o treinador Sérgio Guedes e alcançou o patamar de 3º com 34 pontos ganhos, no G4. Está atrás apenas do Criciúma (39 pontos) e Vitória-BA (41 pontos). O Joinville é o quinto, com 33 pontos.




Após empate sem gols contra o Goiás, sábado (18/08), em Goiânia, com excelente atuação do goleiro Luiz, o Azulão acumula 16 jogos invictos (1.440 minutos) na competição. O recorde de invencibilidade do clube é de 28 jogos, entre 1997 e 1998, com Luiz Carlos Ferreira, de acordo com o historiador do clube, Luiz Pires Maia. Jair Picerni chegou a ficar 20 partidas sem perder.



Enquanto o São Bernardo (Copa Paulista), Santo André (Série D do Brasileiro) e Mauaense (Segunda Divisão) estão instáveis, o São Caetano caminha mais firme na batalha rumo ao futebol de elite no Brasileiro de 2013. Se chegar à elite, a cota a ser recebida da FPF (Federação Paulista de Futebol), publicidade nos estádios e transmissões da TV pode chegar a cerca de R$ 25 milhões, reforçando ainda mais os cofres do clube para novas contratações.



Pés no chão - A boa campanha da equipe, no entanto, é vista com “pés no chão” pelo presidente do clube, o empresário Nairo Ferreira de Souza. “O elenco é bom desde o início do campeonato, mas estávamos dando azar. Perdíamos gols incríveis. De repente, com a malícia e os conhecimentos do Sérgio Guedes, a equipe evoluiu passando a saber segurar resultados e estamos aí brigando pelo acesso”, disse Nairo, nesta segunda-feira (20/08).



O dirigente admite que o grupo “é uma família”, mas não esconde que o goleiro Luiz, a zaga com Gabriel e Wagner, o meio-campo com Eder, Moradei e Augusto Recife e o ataque com Mandi, Leandrão e Danielzinho deram novo poder ofensivo ao time. Leandrão, Marcelo Costa e Eder, juntos já marcaram 18 gols. O time tem apresentado poder ofensivo muito mais forte nos últimos jogos.



O goleiro Luiz, autor de excelentes defesas, gostou do 0 a 0 no Estádio Serra Dourada: “Foi um empate com sabor de vitória. Sabíamos que enfrentar o Goiás não seria nada fácil, mas conquistamos um ponto importante fora de casa e subimos mais uma posição na tabela”, disse. O São Caetano volta a campo no próximo sábado (25/08) diante do Guarani, às 16h, no Anacleto Campanella. Aposentados com carteirinhas não pagarão ingresso. O jogo será válido pela 19ª rodada


Por: Edélcio Cândido (edelcio@abcdmaior.com.br)

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=43716





Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial