CAMISAS DOS TRÊS PRINCIPAIS TIMES DA REGIÃO ESTÃO EM FALTA

Problemas com fornecedor do material esportivo e baixa procura emperram venda nas lojas


O marketing esportivo, área explorada por alguns dos principais times de futebol do País, caminha a passos lentos no
ABCD. Encontrar as camisas dos três principais clubes da Região (São Bernardo Futebol Clube, Santo André e São Caetano) na mesma loja é uma missão praticamente impossível  para os torcedores. De acordo com gerentes entrevistados pela reportagem, muitas vezes os estabelecimentos nem possuem as camisas pois o fornecedor de material não envia os uniformes para a comercialização e também pelo fato de os produtos “encalharem” nas prateleiras.

De acordo com Antonio Dominguez, consultor esportivo da Agência FX Sports, as equipes de futebol de médio porte ainda estão engatinhando quando o assunto é ganhar dinheiro com marketing esportivo.

“Se o time planeja ampliar seu faturamento  é necessário ter um loja própria física e também uma página de internet moderna para comercializar seus produtos. Um exemplo a ser citado é o caso do Corinthians que passou a faturar muito mais depois que lançou suas lojas franqueadas  intituladas como “Poderoso Timão”. É preciso ter seus produtos tanto em lojas físicas como também em lojas virtuais”, disse. 

Jefferson Silva, gerente da loja Elite Esportes, na rua Marechal Deodoro, em São Bernardo, destacou que atualmente o empreendimento trabalha apenas com o fardamento oficial do Tigre. “As camisas do Santo André e do São Caetano possuem pouca procura e não conseguem emplacar um bom número de comercialização, sendo assim optamos por comercializar a camisa oficial do Tigre. A expectativa é de que com o São Bernardo na série principal do Paulistão o volume de vendas possa duplicar, quando comparado com o mesmo período deste ano”, ressaltou.

Luiz Dárcio Montan, gerente da loja A Esportiva, do Shopping Metrópole, afirmou que muitas vezes o fornecedor esportivo é de pequeno porte e acaba não tendo condições de disponibilizar um número de camisas necessário para venda nas lojas. “Essa questão ocorre com o São Caetano e também com Santo André. As equipes atualmente trabalham com marcas de pequena expressão no cenário do futebol brasileiro e com isso a aquisição dessas camisas fica em situação delicada”, ponderou o vendedor.
Mudanças de patrocínio afetam as vendasAssim como os grandes times de futebol sofrem para renovar com os patrocinadores no começo do ano, as equipes do ABCD também partilham da mesma dificuldade. No início da temporada, São Caetano e Santo André sentiram na pele o problema e tiveram dificuldades para encontrar um parceiro para o fornecimento de material esportivo.

De acordo com Marcelo Santoro, gestor responsável pelo marketing esportivo do São Caetano, o período foi bem complicado para o Azulão. “Tivemos um embate entre Wilson e Lupo e depois conseguimos fechar até dezembro com a Lupo”, disse.

Já o Ramalhão também enfrentou dificuldades, mas conseguiu fechar a Nakal, uma empresa do Interior paulista. Liliana Simionato, que atua na gerência de Marketing do Santo André, destacou que os locais mais fáceis para encontrar a camisa do clube andreense são as lojas de material esportivo do município. “Nas demais cidades a demanda não chega a ser tão grande”, lamenta.
Tigre e Azulão planejam lançar loja virtualA partir de 2013, os torcedores do São Bernardo e do São Caetano poderão encontrar produtos licenciados e camisas oficiais nas lojas virtuais que as equipes prometem oferecer aos torcedores. O objetivo é aproximar ainda mais os torcedores dos clubes. Os gestores das duas equipes destacaram que a ideia está próxima de sair do papel e virar realidade no mundo virtual.

Thiago Ferreira, responsável pelo marketing esportivo do São Bernardo Futebol Clube, ressaltou que existe um planejamento para que a equipe passe a contar com uma loja virtual para fomentar os negócios. “A expectativa é de que no próximo ano os torcedores terão uma página de internet para comprar produtos oficiais do Tigre”, disse.

Marcelo Santoro, gestor responsável pelo marketing do São Caetano, destacou que os torcedores do azulão poderão em breve ter ao dispor uma loja virtual completa. “Estamos iniciando um trabalho para que o time possa ter a disposição loja na internet com artigos do Azulão, seja camisas como também produtos licenciados. A partir de 2013, o São Caetano passa a contar com uma página recheada de produtos para serem adquiridos”, ressaltou.

Foto: Rodrigo Pinto

Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial