Tigre vence a 1ª na Copinha e decide vaga com o Fortaleza

São Bernardo se recupera, bate o Caxias (RS) no Baetão e está a uma vitória da 2ª fase




Se a Copa São Paulo de Futebol Júnior é tida como um aprendizado para a garotada, o São Bernardo passou com louvor na
 primeira lição. Nesta quarta-feira (09/01), o Tigrinho mostrou que assimilou bem o tropeço na rodada de estreia – quando empatou sem gols com o Lideral (MA) -, não repetiu os erros e foi premiado com a vitória sobre o Caxias (RS) por 2 a 1, no estádio do Baetão.



Agora, o time do ABCD divide a liderança do grupo P com o Fortaleza, mas está abaixo dos cearenses na tabela por ter marcado um gol a menos. As equipes se encontram na rodada decisiva, domingo (13/01), às 11h, e apenas a vitória interessa ao São Bernardo pensando na classificação para a segunda fase.



Depois de aprender na estreia que perder gols pode custar uma vitória, o Tigrinho aproveitou logo a primeira oportunidade contra os gaúchos, aos cinco minutos. O meia Walterson puxou contra-ataque e fez a bola andar até os pés de Romário. De maneira inteligente, o atacante deu um toque por cobertura no goleiro Pablo, a bola bateu na trave e atravessou a linha do gol do Caxias: 1 a 0 São Bernardo.



O gol e os primeiros momentos da partida provaram que o técnico Paraná acertou ao mexer na escalação para o segundo jogo. O volante Bruno ganhou o lugar de Vidal, enquanto o próprio Romário substituiu Caio. “O Bruno sai mais para o jogo e tem um bom toque de bola, já o Romário se movimenta mais que o Caio (barrado pelo treinador)”, justificou Paraná.



Aos poucos, no entanto, o Caxias começou a trocar passes com precisão a fim de tentar confundir o sistema defensivo do Tigrinho, que resistiu graças a outra lição aprendida: o estudo do adversário. Os gaúchos iniciaram a partida com três meias e um atacante, abusando da movimentação. Para não ser surpreendido e ciente da estratégia do oponente, Paraná recuou o atacante Hércules para auxiliar na marcação dos meias rivais.



Ainda assim, o Caxias desperdiçou duas grandes oportunidades com o atacante Sandinho, que falhou nas conclusões – o goleiro Luiz Daniel ainda fez um milagre.



Os visitantes só não contavam com o oportunismo de Hércules, que se desmarcou dos zagueiros em cobrança de escanteio e apareceu no primeiro pau para ampliar o placar, de cabeça, fazendo 2 a 0 aos 36 minutos.



O primeiro tempo estava perfeito para o São Bernardo, mas Luiz Daniel espalmou a bola para dentro do gol em cobrança de falta de Ramon Reis e o Caxias reduziu a desvantagem no placar.



Na segunda etapa, o time do ABCD fez uma marcação por zona e deixou poucos espaços vazios no campo defensivo. A rigor, o Caxias não criou uma chance clara de gol.



Hércules dá razão à torcida e diz que individualismo ficou no passado



Após a vitória do São Bernardo sobre o Caxias, um dos jogadores mais aliviados com o resultado era Hércules. O atacante, que recebeu vaias da torcida na estreia do Tigrinho na Copa São Paulo de Futebol Júnior, pensou bastante a respeito da atuação na estreia, ouviu até o presidente e reconheceu que abusou dos lances individuais.



“Coloquei na cabeça que tinha que decidir no primeiro jogo porque sou um dos destaques da equipe, mas fui indivualista. A torcida está certa. Para a individualidade aparecer, o coletivo precisa ir bem”, revelou o atacante, que marcou o segundo gol do time do ABCD no Baetão e praticamente definiu a vitória.



“Todo mundo conversou comigo depois da partida com o Lideral, o presidente (Luiz Fernando Teixeira), meus companheiros e vi que estava errado”, acrescentou o atleta de 19 anos, sem idade para jogar mais uma Copinha em 2014.



Hércules tem contrato com o São Bernardo até o fim da temporada e espera ter uma oportunidade entre os profissionais, algo que não teve nas passagens por Ipatinga (MG) e Cruzeiro (MG).



“Não precisa pegar 10 vezes na bola, basta pegar duas e fazer o gol. O Hércules é um bom jogador, está sempre ligado e atua dentro e fora da área. Tem tudo para ter sucesso no profissional”, aposta o técnico Paraná.



Azulinho - O São Caetano encerra nesta quinta-feira (10/01) a participação na primeira fase da Copa São Paulo. Com quatro pontos, o Azulinho é o líder do grupo U (com sede em São José dos Campos) ao lado do Cruzeiro. De acordo com o regulamento da competição, apenas o líder de cada chave avança à fase de mata-mata – além dos sete melhores segundo colocados. Por isso, o cenário ideal à equipe do ABCD é bater o São Francisco (BA) por uma larga vantagem de gols, em jogo que começa às 19h.

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=47098

Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial