AUTOMODELISMO TEM ADEPTOS E CASA PRÓPRIA EM SANTO ANDRÉ

Associação voltada ao esporte foi criada em 2001 e reúne cerca de 100 integrantes na Região; carros custam de R$ 1,5 mil a R$ 6 mil

Engana-se quem imagina que carrinhos de controle são coisa de criança. Muitos adultos mantém o interesse em
veículos guiados por rádio e encontram no automodelismo a oportunidade de participar de competições do gênero. A modalidade tem público cativo na Região, que reúne cerca de 100 integrantes na AARC (Associação de Automodelismo Radio Controlado do ABC).

O grupo criado em 2001 tem licença de uso do terreno localizado dentro do Sam’s Club, em Santo André. O asfalto da pista de corrida, cujo traçado possui 250 metros quadrados, apresenta terreno mais liso que o comum para auxiliar na aderência dos pneus de espuma. O presidente do AARC, Jefferson Sturaro, conhecido como Jesito, explica que os carrinhos utilizados são dez vezes menores que um automóvel de tamanho padrão.
“Os carros pesam, em média, 1,7 kg, e possuem chassi básico, motor e parte elétrica. Dependendo da pista os carros podem chegar a atingir até 110 km/h”. O rádio controla comandos como aceleração, direção e freio.
O valor investido nos automóveis varia de acordo com a modalidade. Existem os que já vem totalmente montados, em geral usado por iniciantes, e que custam em torno de R$ 1,5 mil, segundo Jesito. Os que preferem comprar as peças individuais e montarem o veículo ao próprio gosto podem desembolsar até R$ 6 mil. “As peças são importadas, nacionais só entram os acessórios”.
Assim como em um carro de tamanho padrão, a revisão deve ser feita com regularidade para aumentar a durabilidade. Dependendo da frequência do uso, um novo veículo precisa ser adquirido anualmente, já que o alto valor não compensa a troca das peças.

Praticantes
A AARC junta pessoas de todas as idades e profissões, mas as mulheres são raridade. “Acho que 99,9% dos sócios são homens”, calcula Jesito. A Região sediou há duas semanas a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Automodelismo e contou com a participação de competidores de várias partes do País.
O gerente comercial Sandro Gyorgy, 42 anos, conquistou a primeira colocação na modalidade master e foi campeão brasileiro em 2011. “Estou nesse hobby desde 1998, parei em 2006 e voltei em 2011. Tiro um ou dois finais de semana por mês para praticar.”
Já o administrador de hospital, Rhafael Soares, 27, veio de Manaus para participar da competição. Adepto ao esporte há dois anos e meio, ele conta que foi influenciado pelo tio. “Ele tinha um carrinho, mas eu não podia usar. Depois de um tempo comprei um e comecei a treinar. Sempre gostei de esportes de velocidade e quando conheci o automodelismo me identifiquei bastante.”
A 5º etapa do campeonato regional acontecerá em 31 de agosto e 1º de setembro. Mais informações sobre o esporte e sobre a associação do ABCD podem ser encontradas no endereço http://aarcdoabc.com.br. 


Por: Rosângela Dias  (rosangela@abcdmaior.com.br)
http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=51825

Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial