COM POMPA DE LÍDER, CAD BATE JABAQUARA NO INAMAR

Em partida fraca tecnicamente, Clube Atlético Diadema venceu o Jabuca por 3 a 2 confirmando a liderança do grupo

 Se não vai na bola, vai na raça. Sem conseguir repetir as boas atuações, mas sendo eficiente, o CAD derrotou o
Jabaquara por 3 a 2, na tarde deste sábado (06/07), no Inamar, aumentando a vantagem na liderança do Grupo 08 da Segunda Divisão do Campeonato Paulista com 16 pontos. Os gols do Clube Atlético Diadema foram marcados por Thiago Pereira, Cocada e Oliveira, enquanto Paulinho e Gualberto fizeram pelo Jabuca. O clube de Santos, que completará 100 anos no ano que vem, chegou aos 12 pontos e segue na quarta colocação.
Os primeiros minutos trouxeram só chutões e muita marcação. Com o passar do tempo, o CAD acertou o ritmo e passou a trocar passes, no comando dos meias Oliveira e Lucas Martins, procurando os atacantes William e Bina. No mano a mano, os avantes do Diadema levavam vantagem. Em boa chegada de Bina, Lucas Martins pegou o rebote e acertou o travessão em forte chute. Quando parecia que dominava o jogo, veio o susto. Após cobrança de escanteio, Paulinho aproveitou o rebote e bateu firme para abrir o placar para o Jabaquara. 
Quase em seguida o CAD retomou o controle. Após novo rebote, Thiago Pereira recebeu, cortou o zagueiro e bateu bonito para empatar.O jogo ficou equilibrado na sequência, alternando os ataques. A bola parada seria o detalhe e foi. Em cobrança de escanteio, Cocada subiu mais que todo mundo e cabeceou firme para virar o placar para o CAD. 
A volta dos vestiários não mudou o andamento do jogo. Marcação, muitos chutões e equilíbrio. Na base da vontade, o Jabuca apertava em busca do empate e conseguiu logo nos minutos iniciais. Após briga na área, a bola sobrou para Gualberto bater forte no canto. Na resposta, Bina arrumou de fora da área e acertou o travessão. O jogo ficou aberto. A equipe de Santos usava a velocidade pela direita com Paulinho, enquanto os mandantes abusavam de Bina, o mais perigoso. Finalizando mais, o Jabuca criava mais chances, mas não esperava o golpe. Em jogada de velocidade pela esquerda, Oliveira aproveitou o cruzamento e cumprimentou de cabeça para colocar novamente o líder em vantagem. O pequeno público se empolgou e começou a gritar olé. Apesar da vontade, o Jabuca perdeu a linha de passe e teve dificuldades para penetrar na defesa do Diadema, até o apito final.


Por: Guilherme Menezes  (guilherme.menezes@abcdmaior.com.br)
http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=51727
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial