CONSISTENTE, RAMALHÃO DERROTA JUVENTUDE E É LÍDER NA SÉRIE D

Santo André venceu o Juventude por 2 a 0, no estádio Bruno José Daniel, e chegou aos 10 pontos no grupo A7

Melhor em campo e jogando em clima de final, o Santo André bateu o Juventude por
2 a 0, na tarde deste sábado (03/08), pelo grupo A7 do Campeonato Brasileiro da Série D e retomou a liderança da chave com 10 pontos, um a frente do próprio adversário, porém, com um jogo a mais. Pouco mais de mil torcedores festejaram a vitória com gols de Chico e Luiz Ricardo.
Com sol forte, prejudicial aos gaúchos acostumados ao frio, o Santo André impôs o ritmo. Trocando passes pelas laterais e buscando os velozes Muller e Chico na frente, chegava e teve duas boas chances, desperdiçadas exatamente pelos dois atacantes. O Juventude, atuando no 4-3-3, marcava atrás da linha da bola, espetava a marcação apenas quando os zagueiros dominavam e pensavam no contra ataque. 
Aos poucos, avançando a marcação, as forças se igualaram, com um jogo mais truncado, bastante disputado pelo alto já que as condições do gramado atrapalham e muito a bola no chão. Os lançamentos longos e bolas paradas eram as armas mais usadas. Apesar da insistência, o Ramalhão não tirou o zero do placar.
Mais incisivo no começo da etapa final, o time do ABCD chegou com perigo em poucos minutos. Duas vezes com Muller e outra Juninho Silva, em chances claras. Na resposta, o Juventude teve grande chance em bola parada, com duas grandes defesas do goleiro Adilson. Os visitantes reclamaram que a bola teria ultrapassado a linha do gol. Chico quase fez em bobeada da zaga visitante, mas o goleiro Fernando pegou. Pouco depois, o técnico Paulo Roberto resolveu tirar Juninho Silva e colocando Élvis, na busca por mais criatividade. Antes de ter efeito, saiu o gol. Ramalho lançou Muller, que fez boa jogada, bateu e no rebote do goleiro, Chico guardou.
Os dois atacantes saíram cansados para dar lugar a Makanaki e Luiz Ricardo, mantendo a ofensividade para o contra golpe. Precisando do empate para manter a liderança, o Juventude saiu para o jogo, adiantou a marcação e pressionou. Nos escanteios e faltas na área, cada lance era uma emoção. No contra ataque, o Santo André assustava. Em um destes lances, Élvis invadiu a área e foi derrubado. Luiz Ricardo bateu bem o pênalti e sacramentou a vitória.


Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial