COM A BENÇÃO DE GIL, TIGRE VENCE E RETOMA VICE-LIDERANÇA

São Bernardo derrotou o Sorocaba por 3 a 1 no estádio Primeiro de Maio, chegando aos 13 pontos

A torcida pedia, a comissão técnica avaliava, e na hora que precisou ele estava lá. Com assistência e gol, o atacante Gil foi o
grande responsável pela importante vitória do São Bernardo contra o Atlético Sorocaba por 3 a 1, na noite desta terça-feira (11/02), no estádio Primeiro de Maio. Careca e Favoni fizeram os outros gols que colocaram novamente o Tigre na zona de classificação do Campeonato Paulista, agora com 13 pontos na vice-liderança do grupo C.
Agora, o Tigre ficará na torcida contra a Ponte Preta que faz jogo atrasado diante do Ituano, nesta quarta-feira (12/02), podendo ultrapassa-lo. Na próxima rodada, o time do ABCD pega o Comercial, fora de casa, sábado (15/02).
Apesar de ter dito que entraria mais ofensivo, o técnico Edson Boaro mexeu pouco na estrutura do time, ao escalar no meio-campo Dudu, Marino e Alex, o último com mais liberdade. Tentando o ataque, mas com dificuldades na armação, o Tigre dava espaço para os contra-ataques e tomou ao menos dois grandes sustos do Sorocaba que por pouco não resultaram em gol.
Depois de muito lutar, o São Bernardo enfim levou perigo com Marino, em cabeçada que explodiu no travessão. A chegada animou a torcida, mas pouco o time. Mais uma vez na bola parada, Diego Jussani quase abriu o placar, mas o intervalo esfriou o ímpeto.
Logo no primeiro minuto da segunda etapa, um banho de água fria. Castan cortou errado, e Danilo Alves, ex-Água Santa, dominou, limpou Jussani e abriu o placar para o Sorocaba. O gol ao invés de derrubar o Tigre, acordou a equipe para rugir. Em poucos minutos, lançado ao ataque, o São Bernardo criou boas situações principalmente nos pés de Gil, que aos 9 minutos, limpou a zaga adversária e colocou na cabeça de Careca para empatar.
O jogo esquentou e aproveitando o momento, Boaro tirou Alex para colocar Elionar Bombinha na frente, estreando após período contundido. Com pouco tempo em campo, Rafael Cruz deixou o atacante na cara do gol. O lateral só não contava com a finalização bisonha do companheiro para fora. Sabendo da importância da vitória, o treinador foi para o tudo ou nada, tirando Marino e colocando o meia Erick Flores.
Antes de ver o resultado da segunda substituição, o técnico assistiu o goleiro Wilson Jr. fazer milagre em cabeçada de Thiago Chulapa. No lance seguinte, Gil, o melhor em campo, deu o ar da graça. Após Bombinha bater em cima de Deola e recuperar-se em cruzamento perfeito, Gil desviou de cabeça e virou a partida.
Cansado, Gil deixou o campo aplaudido para a entrada de William Favoni, reforçando o meio-campo. A qualidade do substituído passou para Favoni, que nos minutos finais recebeu belo lançamento, driblou o zagueiro e fechou o placar com um belo gol.

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=57032
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial