RAMALHÃO VENCE 4ª SEGUIDA, MAS DEPENDE DO AZULÃO PARA VOLTAR À A-1

Santo André bateu o Guarani e trouxe decisão para o ABCD; torcida poderá entrar de graça no Brunão contra o São Bento

O Santo André fez sua parte à tarde, derrotou o Guarani por 2 a 0 em Paulínia e iniciou a noite na
vice-liderança na Série A-2 do Campeonato Paulista. No entanto, três candidatos diretos pelas quatro vagas na elite (Red Bull, Marília e Mirassol) venceram os jogos que fecharam a 16ª rodada e o Ramalhão prossegue um ponto abaixo da zona do acesso, na quinta posição.
Faltando três partidas para o fim do torneio, jogado em formato de pontos corridos, o time do ABCD desfruta do benefício de ter feito a última viagem para o Interior. Fechará a campanha com dois compromissos no Bruno José Daniel e o último contra o São Caetano, no Anacleto Campanella. No sábado (29/03), tem a oportunidade de tirar o São Bento da disputa – enfrenta o Catanduvense na sequência.
A verdade, entretanto, é que o Santo André não depende dos próprios resultados para voltar à A-1. Red Bull, Marília e Mirassol não jogam entre si, tampouco com equipes que brigam pelo acesso. Em outras palavras, o Ramalhão pode ganhar os três jogos restantes e não fazer a festa. Seria uma tragédia para a diretoria, que investiu alto em atletas experientes e de renome no futebol.
O irônico em todas as contas que serão feitas é que o São Caetano pode ser o fiel da balança, justamente a favor do eterno rival. O Azulão recebe o Marília, também no sábado (29/03), e um empate já basta ao Santo André – que aí jogaria apenas pelas três vitórias. 
A equipe liderada pelo técnico Vilson Tadei está invicto há 11 rodadas e acumulou a quarta vitória consecutiva na quarta-feira, e sem muitos problemas. Os dois gols foram marcados por Nunes, que é um dos principais artilheiros da competição. 
O primeiro tempo se desenrolou de maneira lenta, mas o Ramalhão soube usar bem a experiência de seus jogadores. Diante de um Guarani em crise, sem brigar por mais nada no campeonato, os visitantes levaram a partida arrastada no 0 a 0 e atacaram na hora certa. Aos 45 minutos, Chico recebeu do lado direito e achou Nunes sozinho na pequena área, que teve apenas o trabalho de empurrar para as redes. 
No intervalo, Tadei trocou Müller Fernandes por Felipe Alves e o Santo André praticamente confirmou a vitória logo aos quatro. Chico fez jogada individual e chutou na trave. Bem colocado, Nunes pegou o rebote e guardou o segundo. O placar só não foi mais elástico porque Felipe Alves e Alisson, substituto de Renato Peixe falharam nas finalizações.
DE GRAÇA
O torcedor do Ramalhão que for ao Bruno Daniel no sábado com a camisa do clube não vai pagar pelo ingresso e terá apenas o trabalho de adquirir a entrada na bilheteria. Qualquer camisa do Santo André será aceita, não importa de qual época.

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=58021

Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial