SEM PATROCÍNIO, TIGRE INVESTIU EM ATLETAS MAIS BARATOS PARA O PAULISTÃO

Dirigente revelou que o São Bernardo cortou em 40% os gastos previstos para 2014 pela falta de um patrocinador master na camisa

O São Bernardo encerrou no último domingo (23/03) sua melhor campanha no Campeonato Paulista, fruto da nona colocação na
classificação geral. Entretanto, as vagas no mata mata e na Série D do Brasileiro poderiam ter sido alcançadas com os recursos de um patrocinador. As camisas de jogo limpas, sem o anúncio de uma empresa parceira, resultou em um considerável corte de verba para investir no time em 2014, de acordo com o presidente Luiz Fernando Teixeira.
A equipe do ABCD recebeu cerca de R$ 2,5 milhões da FPF (Federação Paulista de Futebol), mas esse valor não foi suficiente para bancar a contratação de nomes mais valiosos.
“Poderíamos ter montado um elenco mais caro. Claro que o grosso (da verba disponível) é da TV, mas tivemos uma queda de investimento de 35 a 40% em relação ao que prevíamos antes do campeonato”, admitiu Teixeira, aproveitando a oportunidade para fazer uma comparação com 2013. “Tínhamos o Fernando Baiano (ex-Corintians e Flamengo), o Michael (atualmente no Santo André, mas que na época veio do exterior) e uma zaga mais cara (foram contratados o ex-palmeirense Daniel Marques e Samuel, ex-São Paulo)”.
Em alguns jogos no Paulistão o Tigre estampou o restaurante Lagabbia, em outros anunciou o Projeto Tigrinho e, nas duas últimas partidas (contra o Paraná, pela Copa do Brasil, na despedida do Estadual diante do Oeste), uma mensagem com os dizeres “CUT 30 anos”. Porém, não houve retorno financeiro em nenhum dos casos. Situação diferente da temporada passada, quando a Seara patrocinou as mangas da camisa, e de até dois anos atrás (época do banco BMG). “Foi apenas uma homenagem à CUT pelos 30 anos, não há mais nada envolvido, e repetiremos no próximo confronto com o Paraná”, resumiu o presidente.
De saída
Preso ao São Bernardo até 30 de abril, o volante Edson está em negociação com o Corinthians e não joga mais pelo clube. O atleta de 22 anos, comparado a Paulinho (ex-Corinthians e nome certo para a Copa do Mundo), não renderá dinheiro ao Tigre porque pertence ao banco BMG.
O goleiro Wilson Júnior, capitão da equipe aurinegra, também está com o contrato no fim. Em entrevista após a vitória sobre o Oeste, Júnior entregou que não sabe se continua. 
O São Bernardo faz o duelo de volta da 1ª fase da Copa do Brasil contra o Paraná no dia 10 de abril. 

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=57985
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial