TIMES DE VÔLEI DE S. BERNARDO PODEM FECHAR AS PORTAS

Equipes precisam de patrocínio para sobreviver
“Vocês nos ajudariam dizendo que estamos em busca de patrocinador”. A frase do secretário de Esportes de São Bernardo, José Alexandre Devesa, reflete outro
momento delicado vivido pela modalidade após a ameaça de extinção no ano passado. As duas equipes adultas não têm dinheiro suficiente para encarar os campeonatos da temporada 2014-2015.

“Estamos sem patrocinador. Temos até o fim do mês para definir essa situação, para ver qual vai ser o perfil dessas equipes”, explicou Devesa.

De acordo com os cálculos do dirigente, os times necessitam de R$ 1,2 milhão ao todo para não fechar as portas. “Captamos R$ 400 mil por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do governo federal e ficamos sabendo hoje que poderemos captar mais R$ 350 mil para o vôlei feminino, mas ainda não temos essa verba”, afirmou o secretário de Esportes.

O primeiro campeonato da dupla seria os Jogos Regionais, que acontecem de 18 a 28 de junho, com o Paulista vindo na sequência.  

“Ao contrário do que muitos pensam pelo fato de ser um esporte olímpico, o vôlei requer cifras altas. Tentaremos fechar um elenco com folha de pagamento modesta para gastarmos com viagens, alojamento e outras despesas”, planejou Devesa, sem se importar com o papel de coadjuvante nos torneios. Na última Superliga, o time feminino não passou da primeira fase e os homens pararam nas quartas de final.

“Algumas cidades têm receio de fazer vôlei com menos de R$ 2 milhões porque não querem se expor, mas queremos seguir com um valor mínimo para continuar a busca por patrocinadores, uma hora vamos brigar pelos títulos”.

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=58526
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial