ÁGUA SANTA GARANTE PONTO E PODE SUBIR DIANTE DA TORCIDA

Netuno empatou por 1 a 1 com o Sertãozinho e agora recebe o Novorizontino para assegurar acesso no Baetão 

O sonho de mais um acesso para o Água Santa de forma antecipada esteve bem perto, mas ainda não foi
desta vez. Jogando no Interior, o time de Diadema empatou por 1 a 1 com o Sertãozinho, na manhã deste domingo (04/05) e continua apenas dependendo de si para subir no Campeonato Paulista da Série A-3. Com oito pontos, o Netuno divide a liderança da chave com o Novorizontino, seu próximo adversário, quarta-feira (07/05), às 19h30, no Baetão. Se vencer em casa, diante da fanática torcida, o Água poderá enfim comemorar a vaga na Série A-2. Também ascenderá se o Sertãozinho, com quatro pontos, perder para o São José B. Caso ambos jogos empatem, também conhecerá a segunda divisão estadual.
Uma semana após ter vencido o mesmo rival, o Água não trocou as características de jogo, apesar de algumas mudanças no time titular do técnico Marcio Ribeiro: Mauricio, Domingos, Di Fabio, Diego Araújo e Thiago Pereira; Serginho, Wanderson, Ricardinho e Piovesan; Patrick e Francisco Alex. 
Desde o início, o Netuno se manteve recuado, marcando forte e saindo na hora certa. O goleiro Mauricio, um dos destaques da campanha, fez milagre em lance de bola parada logo nos primeiros minutos. Respondendo, Ricardinho ditava o ritmo e também apresentava chances para o time do ABCD. Na metade do primeiro tempo, o atacante Patrick sentiu lesão e deu lugar a Lila, que voltava de contusão. Cozinhando o jogo na experiência do elenco, o Água sofreu alguns perigos, mas soube controlar o ritmo.
Sem poder empatar, o Sertãozinho apostou tudo no início da etapa final. Porém, a vontade não foi suficiente e a eficácia do time de Diadema fez a diferença. Aos 6 minutos, após boa troca de passes, Diego Araújo ficou na área para como um centroavante finalizar e colocar o Água muito perto do acesso. Desesperados, os mandantes atacavam sem organização e davam espaço para o calmaria da equipe do ABCD, que por sua vez cansava de perder oportunidades.
Cansado, Francisco Alex saiu para a entrada do volante Sigmar. Pouco depois, aos 27, quando tudo parecia tranquilo, Helder pegou chute firme de fora da área e venceu Mauricio para empatar o jogo. Em seguida, apostando no contra-ataque, Marcelinho, o talismã, entrou no lugar de Ricardinho. Pressionando, o time da casa procurava virar o placar de qualquer maneira, enquanto os visitantes pegaram gosto por perder contra golpes preciosos, fato que obviamente irritou e muito o treinador. Apesar de todos os pesares, o Água Santa garantiu um ponto importante que o aproxima ainda mais do acesso.

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=58860
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial