ESTÁDIO DO INAMAR É DO ÁGUA SANTA PELOS PRÓXIMOS 25 ANOS

Netuno terá concessão da praça esportiva, mas com a obrigação de bancar as reformas necessárias

Agora não há mais dúvida. O Água Santa recebeu, de forma oficial, a concessão do
estádio do Inamar por 25 anos. Sendo assim, agora é o dono do campo que abriga jogos do próprio time, do CAD - a outra equipe profissional de Diadema - e do futebol amador. A Secretaria de Esporte e Lazer de Diadema abriu uma nova concorrência para ceder o estádio (já tinha feito anteriormente) e desta vez o Netuno assumiu o Inamar.
A partir de agora, o Netuno corre contra o tempo para disputar a Série A-2 do Campeonato Paulista de 2015. Único time da Região sem atividades no segundo semestre, o Água é obrigado a reformar a praça esportiva, seja para retribuir o “empréstimo” feito pela Prefeitura, seja para ter um campo em condições de jogar a divisão de acesso do Estadual. De acordo com  o secretário de Esporte e Lazer, Antonio Marcos Ferreira, o Marquinhos, o projeto está definido, mas ainda não há a verba necessária para a totalidade das obras.
“O projeto está fechado com o alargamento das dimensões do campo, colocação de grama natural no lugar da artificial, dois tobogãs atrás de cada gol que aumentarão a capacidade de público, novo estacionamento e criação de camarotes, além das cabines de imprensa. A ideia é até dezembro ter boa parte dessas obras finalizadas, principalmente um dos tobogãs, para atingir o número necessário de lugares exigido pela Federação Paulista (15 mil)”, discursou. O valor gira em torno de R$  6 ou 7 milhões. “A questão de como conseguir o valor é do Água Santa. A Prefeitura pode apenas ajudar com ideias e contatos, mas não com dinheiro propriamente dito”, disse Marquinhos.
Ainda sem soluções financeiras, o presidente do Água Santa, Paulo Sirqueira, busca investidores para tocar a obra, que precisaria começar em breve para haver tempo hábil para a conclusão. A Série A-2 tem início em janeiro. “Vamos atrás de patrocinadores que ajudem neste projeto. Ainda estamos pensando as maneiras para resolver isto”, comentou.
Em meio à disputa da quarta divisão do Campeonato Paulista, o CAD teve de transferir suas partidas como mandante para o estádio do Baetão, em São Bernardo. O presidente do clube, Paulo Lofreta, foi pego de surpresa com a concessão do Inamar ao rival. “Não sabia da informação sobre a concessão. Espero que façam a reforma e conversaremos para continuar utilizando o campo. Caso não deixem, jogaremos em outra cidade, sem nenhum problema”, minimizou.  

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=60696
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial