PAULISTA: QUARTA DIVISÃO VIRA DO AVESSO EM UM MÊS E MEIO


Com três times do ABCD, torneio recomeça após mudança de jogadores, técnicos e até tabela

De 8 de junho, data dos últimos jogos, até agora, a Quarta Divisão do Campeonato Paulista teve reviravoltas e mudanças que é difícil apontar os favoritos às quatro vagas na Série A-3. Até os grupos da segunda fase tiveram alteração por causa da
desistência do Taquaritinga, mas não parou por aí. Do trio do ABCD, Mauaense, EC São Bernardo e CAD, dois deles se movimentaram bastante. O Bernô, por exemplo, trocou de técnico e contratou um pacotão de reforços. O time de Mauá também foi às compras. Em comum nas negociações das duas equipes, a busca por jogadores de clubes vizinhos na Região. O torneio recomeça nesta sexta-feira (18/07).
Antes da Copa do Mundo, havia uma configuração certa dos grupos da segunda fase. Alguns dias se passaram e, com a saída do Taquaritinga, Mauaense e São Bernardo ficaram sabendo que teriam de mudar os planos. Viagens que seriam mais curtas se tornarão compridas e vice-versa (veja as chaves ao lado).
Quando foram ao mercado, as equipes da Região fecharam com atletas conhecidos do público daqui. O Mauaense fez parcerias com o Água Santa e o São Bernardo Futebol Clube. Do Netuno, vieram o goleiro Diego, o volante Evandro e os atacantes Maicon e Fabricio, enquanto o Tigre emprestou o atacante Vitinho e acertou a ida de mais dois meninos da base.
O Bernô contratou o zagueiro Diego Araújo, que conquistou o acesso à Série A-2 do Campeonato Paulista deste ano com o Água Santa, além do goleiro Dida, ex-São Bernardo, e o meia Celio, cria da base do São Caetano e que estava no futebol de Trinidad & Tobago.
“O Paulinho (treinador) pediu reforços e a grande maioria veio por pedido dele. Contratamos algo em torno de dez jogadores, e dispensamos outros. Com este novo elenco acho que teremos mais chances de buscar a classificação, brigar de igual. Nos preparamos bem na parada da Copa”, relatou o vice-presidente, Gigio Saretto. 
Outra mudança significativa do Cachorrão foi na comissão técnica. Treinador do clube desde 2010, Julio Passarelli pediu afastamento para cuidar de problemas pessoais e Paulinho Kobayashi assumiu o cargo.
Nessa montanha-russa de trocas, o CAD não teve de lidar com muitas novidades. O grupo em que estava não se alterou e apenas dois jogadores mais experientes reforçam o elenco: o zagueiro Negão e o meia Lima. 
Em um ano, Mauaense saiu da tragédia para o sucesso
Se o Grêmio Mauaense voltasse mais ou menos um ano atrás, estaria vivendo a pior campanha de sua vida na Quarta Divisão do Campeonato Paulista, sem nenhuma vitória e apenas dois empates. Passado o momento turbulento, o time de Mauá hoje vive outra realidade. Desde o início da competição estadual, a Locomotiva não sabe o que é perder: em dez jogos, venceu seis e empatou quatro, conquistando assim a classificação para a segunda fase do torneio com duas rodadas de antecedência. 
Com a segunda melhor campanha da competição até aqui, enfrentará nesta nova fase o Taboão da Serra, Grêmio Prudente e estreia diante do Suzano, fora de casa, às 19h, nesta sexta-feira (18/07).
O presidente do clube, Marco Capuano, que chegou ao clube no fim de 2012, relata a quantidade de problemas que teve que enfrentar para virar o jogo, literalmente. “O futebol profissional era terceirizado e não andava bem. Tínhamos diversos problemas estruturais, desde um clube deteriorado até a parte técnica. A comissão técnica do sub-20 pediu uma chance e os colocamos para desenvolver um trabalho a longo prazo. Após a mancha na história que foi aquela campanha ruim, passamos a trabalhar forte desde agosto e agora estamos colhendo os frutos”, discursou.
Em 2014, o trabalho começou já em janeiro para a competição que teve o pontapé inicial em abril. “Mantivemos alguns jogadores do ano passado, caso do atacante Jorge, e trouxemos atletas com vontade de ganhar, de realmente vestir a camisa. Recebemos indicações, avaliamos outros, e definimos o elenco. Para este tipo de campeonato é totalmente necessário trazer jogadores com amor à camisa, fundamental eu diria”, avaliou. Vale lembrar que time teve a melhor média de público da primeira fase entre os 39 times, com mais de 3 mil ingressos vendidos.
Um dos principais reforços para a sequência do campeonato é o garoto Taubaté, que teve boa passagem pelas categorias de base do Corinthians, além do armador Renatinho, ex-Santo André e São Bernardo.
Comandante do barco de Mauá, Flavio Matias acredita que a união faz a diferença. “Temos o grupo na mão e é muito unido. Todos são sinceros e corretos, buscando o melhor para o time. Por isso temos esta excelente campanha”, enfatizou. 
Quarta Divisão
Grupo 8
Mauaense
Suzano
Taboão da Serra
Grêmio Prudente

Grupo 9
Bandeirante
Olímpia
Sumaré
CAD
Grupo 12
Inter Bebedouro
União Futebol Clube
EC São Bernardo
Paulínia
Próximos jogos
Suzano x Mauaense, sexta-feira, às 19h
EC São Bernardo x União Futebol Clube, sábado, às 19h
Bandeirante x CAD, domingo, às 10h

http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=60559

Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial