Água Santa bate o tradicional Guarani e se aproxima do G4

Gol de Rafael Martins deu a vitória ao Netuno no estádio da Rua Javari, na Capital
  
 
Era tarde de sábado de futebol no tradicional estádio da rua Javari, na Capital. E o ousado Água Santa não deu a
mínima para a tradição e os títulos do Guarani de Campinas. Com gol de Rafael Martins aos 37 da segunda etapa, o time de Diadema bateu o Bugre por 1 a 0 e subiu ainda mais na tabela da Série A-2 do Campeonato Paulista.

 
O Netuno foi alçado à quinta posição da competição, com 10 pontos, à frente do adversário deste sábado (21/02) também com 10 pontos, mas atrás do time do ABCD no saldo de gols. 
 
O jogo na Javari colocava frente à frente dois experientes camisas 10 do futebol paulista. De um lado, o ex-são-paulino Francisco Alex, do time de Diadema. Do outro, o ex-corintiano Fumagalli comandando a tradicional equipe de Campinas. Mas quem levou a melhor foi Francisco Alex, participando das jogadas e guiando o Netuno rumo à vitória. Fumagalli, contestado pela torcida bugrina, pouco fez em campo.
 
A partida começou quente. Aos 5 minutos, o Água assustou com cobrança de falta perigosa de Francisco Alex, mas o Guarani respondeu com Cris pelo alto aos 8. Fumagalli quase fez de falta aos 13 minutos e Malaquias, pouco depois, avançou pela direita, a bola desviou em João Paulo e acertou a trave, para delírio da torcida de Campinas.
 
Sob forte sol no estádio da Rua Javari, na Capital, as duas equipes cansaram na metade da primeira etapa. Fernandinho, do Bugre, chegou a marcar aos 29, mas estava em posição irregular.   
Francisco Alex, aos 32, arriscou de longe, sem, no entanto, assustar o goleiro Neneca, conhecido do público do ABCD por sua longa passagem pelo Santo André.
 
O lance seguinte foi a resposta do Bugre na Javari: e que resposta! Fernandinho recebeu com alguma liberdade aos 34, tentou o lance individual e chutou à direita do goleiro Maurício. O centroavante Nunes, outro ex-Ramalhão, pedia a bola livre na esquerda.
 
A segunda etapa também começou movimentada. Fernando Lopes, que entrou no intervalo, arriscou de longe para boa defesa de Maurício logo aos dois minutos do segundo tempo.
 
O Água respondeu com Augusto, aos 5 minutos. O zagueiro, sem cacoete de atacante, ficou livre para marcar após cruzamento de Francisco Alex mas tocou fraco para defesa fácil de Neneca.
 
O time de Diadema queria mais. Apoiado pela torcida fanática que lotou o estádio da Rua Javari, o Netuno chegou com Rafael Martins aos 8, quase abrindo o placar. 
 
Mas o jogo era nervoso. Batalha dentro de campo, com inúmeras jogadas ríspidas de ambos os times, e festa do lado de fora, com as torcidas de Bugre e Netuno protagonizando lindo duelo nas arquibancadas.
 
Aos 20, após bate-rebate na área bugrina, o Água Santa quase abriu o placar de novo com Rafael Martins, que chutou rente à trave esquerda de Neneca.
 
O Bugre respondeu com um gol anulado, sob grande protesto da torcida. Nunes desviou escanteio de cabeça e Cambará completou para o gol vazio aos 26 minutos, mas em posição irregular.
 
O time de Campinas crescia em campo. Aos 30, Adalgiso Pitbull exigiu linda defesa de Maurício, levantando a torcida campineira na Javari. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Tiago Cavalcanti responder para a equipe de ABCD com boa finalização, que Neneca espalmou.
 
Era lá e cá. O atacante Watson, que veio do banco de reservas, teve duas grandes chances para marcar e desperdiçou. O Bugre pressionava e o jogo não parava.
 
Mas a maioria faz a diferença: a torcida do Água, em maior número na Rua Javari, apoiou tanto a equipe que Rafael Martins, camisa 9, reuniu fôlego para, aos 37 minutos da segunda etapa, se posicionar na grande área após passe de Makanaki. O atacante não perdoou e fez 1 a 0 para o Netuno, surpreendendo a forte equipe de Campinas. 
 
Atrás do placar, o Bugre se lançou desesperadamente ao ataque. Watson teve outras duas chances para empatar, mas, sem Sherlock Holmes por perto, nada fez e o Guarani ficou na saudade. 
 
O time de Campinas chega à segunda derrota na competição, em queda livre, e o Água continua subindo, e agora conquista a terceira vitória no torneio.
 
O próximo compromisso do time de Diadema é contra o Novorizontino, fora de casa, no próximo sábado (28/02), quando tentará finalmente entrar no G4 da Série A-2 do Paulista. Falta pouco! 

Fonte:  http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=64887



Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial