Após quatro jogos, Santo André volta a vencer na Série A2

Mesmo com dez em campo, Ramalhão faz 2 a 1 sobre o Rio Branco, em casa

A 10ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista foi como esperava o torcedor do Santo André na tarde deste
sábado (14/03). Enfrentando o Rio Branco sem contar com o atacante Rodriguinho, lesionado, o Ramalhão fez 1 a 0 logo na primeira etapa, ampliou após o intervalo e mesmo com dez homens em campo saiu de campo com o placar de 2 a 1, conquistando os três pontos em casa e marcando a quarta derrota seguida do Rio Branco na competição. O time do ABCD volta a campo no próximo sábado (21), quando recebe o Guarani, novamente no Bruno José Daniel.
O primeiro jogo do Santo André após o retorno do preparador físico Rodrigo Agusto foi também o primeiro vencido nas últimas cinco rodadas, apesar do grande desgaste físico notado nos atletas. Os primeiros minutos da partida não traziam muita emoção, até que aos 15 minutos o goleiro Roberto foi exigido e fez bela defesa.
Apesar de jogar em casa, o time andreense não conseguia invadir a área adversária e passou a trocar passes do meio para a defesa, chamando o Rio Branco para cima. Em um dos passes, Michel bobeou e recuou a bola sem perceber o atacante adversário, o que obrigou Tobi a parar o lance. O carrinho garantiu o 0 a 0 no placar, mas custou a expulsão do defensor. Bem no jogo, Marcinho Guerreiro matava as jogadas no meio, mas após a expulsão coube a ele fazer a função de zagueiro. 
Aos 27 minutos, o meia Helton Luiz, que não vivia seu melhor momento até ali, aproveitou o chute de Muller Fernandes e conseguiu uma bomba, de cabeça, para abrir o placar e frear o melhor momento do Rio Branco. O time visitante recuou um pouco após o gol, mas também não era agredido pelo time da casa e o jogo teve cerca de cinco minutos sem grandes lances.
Aos 34, Vilson Tadei promoveu a entrada do lateral-direito Jean, no lugar do lateral-esquerdo Paulo. Assim que a bola voltou a rolar, Roberto fez grande defesa após forte chute cruzado. Dois minutos depois, novamente Roberto impediu o empate do Rio Branco ao sair nos pés do atacante adversário.
Com 39 minutos de partida, apesar de parecer ter feito outra grande defesa, Roberto não tocou na bola, mas estava vivo em outro lance perigoso da equipe de Americana. O Rio Branco pressionava muito e, após escanteio, Santos cabeceou por cima do gol, no último lance perigoso da primeira etapa, que terminou com pouco mais de 46 minutos.
Segundo tempo - Na volta para o segundo tempo, Tadei sacou o meia Helton Luiz, que havia tomado cartão amarelo, para colocar o zagueiro Luiz Matheus. Com cinco minutos, após uma falta boba na lateral do ataque, o Santo André se reencontrou. Na cobrança, o zagueiro Jonas foi segurado dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Comemorando o 26º aniversário, Muller Fernandes não sentiu a pressão, bateu no canto direito do goleiro e marcou seu quinto gol no torneio.
Aos 11 minutos, Samuel Santos fez excelente jogada e no cruzamento Muller Fernandes desperdiçou. O cronômetro marcava 20 minutos quando Roberto, o melhor jogador do Santo André até o momento, foi surpreendido por Sandro Costa. O atleta bateu falta próxima da área direita e encobriu o goleirão, que aguardava um cruzamento.
Percebendo que o Rio Branco voltava a dominar a partida, com 26 minutos Vilson Tadei tirou Michel, esgotado fisicamente, para promover a entrada do descansado Jackson. Apesar da forte pressão adversária, o Ramalhão arriscava bons lances com Samuel Santos e Muller Fernandes e contou com a sorte, além das ótimas defesas de Roberto, para garantir o resultado, ultrapassando o adversário e aproximando-se da parte superior da tabela de classificação. 

Fonte:  http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=65281
 
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial