Ramalhão decepciona, empata com Velo Clube e se complica

Time andreense joga mal e agora é apenas o décimo colocado na Série A-2 do Paulista
 
O Santo André não fez valer o favoritismo e ficou apenas no
empate sem gols diante do Velo Clube no estádio Bruno José Daniel na tarde deste sábado (04/04), em jogo válido pela Série A-2 do Campeonato Paulista. Com o resultado, o time do ABCD se afasta da briga pelo acesso à elite do futebol paulista.
O jogo começou com o Santo André dando espaço para o Velo Clube, e quase sofreu o gol da equipe de Rio Claro, com uma grande oportunidade perdida pelo meia Diego Higino logo aos quatro minutos. O jogador tentou fintar Roberto, mas acabou bloqueado pelo goleiro do Ramalhão.
Na sequência, o Santo André cresceu e passou a ter maior parte da posse de bola, mas sem assustar o goleiro Rafael Pin. 
Tauã e Müller Fernandes¨eram bastante acionados pelas pontas, o que dificultava a marcação da equipe de Rio Claro, a ponto de, no final do primeiro tempo, o treinador do Velo, João Vallim, substituir o lateral Calixto para reforçar o setor.
Com o andar do primeiro tempo, as duas equipes apostaram na marcação e as chances de gol eram raras no Brunão.
Aos 27 minutos, Tauã recebeu bola no ataque e foi derrubado dentro da área, mas o árbitro viu simulação no lance e deu cartão amarelo para o atacante do Ramalhão.
O Velo Clube apostava tão somente nos contra-ataques, enquanto o Santo André jogava pelas pontas, com mais posse de bola, mas sem efetividade.
Um primeiro tempo sem grandes chances e emoções com um empate, que dificultava a vida do Ramalhão.
Segundo tempo mais equilibrado - A segunda etapa de partida começou com o Velo Clube assustando a meta do goleiro Roberto. A equipe de Rio Claro teve uma clara chance de gol em contra-ataque aos três minutos, que Leleco não aproveitou. Foi a chave para o treinador Vilson Tadei mudar rapidamente o esquema tático, colocando Jackson e Michael no lugar dos meias Dudu e Guilherme Garré. 
Após os primeiros dez minutos, o Ramalhão enfim finalizou na meta do goleiro Rafael Pin, com Helton Luiz, aos 16 minutos.
Aos 23, o Velo respondeu com Diego Higino, que chutou rente à trave do goleiro Roberto. O jogo era definitivamente de marcação, sem grandes lances. 
Em uma das raras oportunidades do Santo André, Anderson Bartola cruzou, o goleiro se atrapalhou e deixou o gol escancarado para Tauã, que mandou pra fora aos 32 minutos.
Aos 39 minutos do segundo tempo, a grande chance do Velo Clube, com Judson, que teve duas chances para abrir o marcador, mas não conseguiu aproveitar.
Nos minutos finais, o árbitro Alysson Fernandes Mathias atrapalhou vários contra-ataques de ambas as equipes, sendo bastante criticado pela torcida.
No final, o resultado foi mesmo o 0 a 0. Ruim para o Velo Clube, mas ainda pio para o Santo André, que fica distante da zona de acesso à Série A-1 do Campeonato Paulista.
Com este resultado, o Santo André soma 23 pontos na décima colocação e perde terreno na briga pelo acesso, enquanto o Velo Clube chega aos 15 pontos, mantendo-se próximo da zona de rebaixamento.
O próximo jogo do Ramalhão é nesta terça-feira (07/04), quando o time enfrenta a Ferroviária, no Interior, às 21h30. Já o próximo compromisso do Velo Clube é em Rio Claro, onde recebe o Mirassol, quarta-feira (08/04) às 20h.
*especial para o ABCD MAIOR 

Fonte:  http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=65671
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial