CAD perde seis pontos e fica sem estádio do Inamar

Diadema foi punido por inscrever jogador irregularmente e, com Inamar em reformas, será obrigado a atuar no Baetão

 
Quando o CAD entrou em campo no último sábado (16/05) pela quarta divisão do Campeonato Paulista, já sabia que a
situação no Estadual estava comprometida. O motivo: foi punido dias antes da partida pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) com a perda de seis pontos porque inscreveu irregularmente um atleta com problemas na documentação contra o Ecus (de Suzano).
O Diadema iniciou o jogo contra o Guarulhos – pela quinta rodada - com apenas um ponto, empatou e agora soma dois, ao invés dos oito que o deixaria em quarto na classificação do grupo 03 - dentro do G-4 que passará à próxima fase. 
De acordo com o presidente do CAD, Jackson Carvalho, o erro aconteceu a partir de um funcionário que acabou desempregado. “Houve a falha de um funcionário na hora de entregar a documentação e já o demitimos. O atleta envolvido era o Matheus, de 22 anos, o contratamos para o campeonato. Agora vamos avaliar com calma junto com o departamento jurídico e recorrer da decisão, mesmo sabendo que podemos perder mais pontos”, explicou o mandatário. De acordo com o regulamento, caso o clube não comprove algo que reverta a situação, pode acabar punido novamente.
Já o gestor do CAD, Leandro Silva, em entrevista à rádio Master Esporte, citou que a equipe está ciente da falha e já considera o caso como página virada. “A secretária do presidente que acabou cometendo o erro, já que o sistema de inscrever apenas os 28 atletas da competição mudou a forma de fazer o processo. Antes da partida contra o Ecus (vitória por 2 a 1), quatro atletas na realidade foram para o jogo sem estar na lista dos 28. Infelizmente o regulamento deixa isto claro e estamos cientes, apesar de caber recurso. Vamos recuperar o caminho das vitórias e buscar a classificação”, comentou.
Sem estádio - Além do problema de perder quase todos os pontos e estar em penúltimo na chave, a equipe ainda passa por outros problemas. Agora, a situação ruim também está dentro de campo. Como o estádio do Inamar, em Diadema, pertence ao rival Água Santa, o CAD fica à mercê das decisões do Netuno. O Água já começou as reformas para adequar o estádio às condições necessárias para a disputa da Série A-1 do Paulista, impedindo o rival de usar o campo. A partir do próximo domingo (24/05), o CAD utilizará o estádio do Baetão, em São Bernardo, quando enfrentará o Suzano, passando do gramado natural para o sintético.
Para fechar, o clube terá o terceiro técnico em apenas seis rodadas. Ataliba iniciou o campeonato, mas treina o São Bernardo sub-20 em uma parceria entre os times do ABCD. Depois, Marcos Bruno assumiu, só que aceitou o convite de uma equipe mineira, deixando o auxiliar, Fabio Cunha, com a função. 

Fonte: http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=66447
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial