Fabiana Murer leva ouro; confira os resultados do Troféu Brasil de Atletismo

Torneio reuniu os melhores atletas do Brasil em São Bernardo neste fim de semana
 
Campeã mundial de 2011 no salto com vara, Fabiana Murer ganhou a
medalha de ouro no último dia do Troféu Brasil de Atletismo, realizado na Arena Caixa, em São Bernardo, na manhã deste domingo (17/05). A atleta alcançou 4,65m e venceu a modalidade, superando o índice de 4,50m para o Mundial e aos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. Bicampeão mundial indoor, Mauro Vinícius da Silva, o Duda, também venceu a disputa, mas sem atingir as marcas para as duas competições.
Apesar do resultado satisfatório, Fabiana saiu da prova na Arena Caixa sem quebrar o recorde da temporada. A atleta tentou superar a marca de 4,75m, resultado o qual colocaria a brasileira à frente da grega Nikoleta Kiriakopolou, que saltou 4,73m na Diamond League de Xangai, também neste domingo. Em uma das tentativas, a campeã mundial, que representou BM&F Bovespa/São Caetano, foi atingida com a vara na cabeça, após esbarrar no sarrafo.
Também representando o BM&F Bovespa/São Caetano, Duda assegurou o topo do pódio ao atingir 8,03m no salto em distância. Apesar do ouro, o atleta anda não conseguiu a qualificação necessária para o Mundial (8,10m) e Olimpíadas (8,15m), mas há tempo de obter esses índices em competições futuras até o próximo ano.
Hegemonia – Pela 14ª vez seguida, o  BM&FBovespa/São Caetano conquistou o Troféu Brasil de Atletismo na classificação geral por equipes. O time somou 567,5 pontos (298 no masculino e 269,5 no feminino). No total, os atletas do clube conquistaram 46 medalhas, sendo 20 de ouro, 12 de prata e 14 de bronze. 
Com 376,5 pontos, o EC Pinheiros foi o vice-campeão da competição, alcançando 23 medalhas (sete de ouro, dez de prata e seis de bronze). O terceiro lugar ficou com Orcampi/Unimed, de Campinas, com 264 pontos e 19 medalhas (oito de ouro, seis de prata e cinco de bronze). Outra equipe do ABCD, o ASA São Bernardo/Caixa, teve o quarto melhor desempenho após assegurar 114,5 pontos.
Salto em distância masculino - De malas prontas para a Europa, onde fará um estágio de treinamento e competição em Portugal, ao lado de Higor Alves e Paulo Sergio Santos, Mauro Vinícius "Duda" da Silva (todos da BM&FBovespa) comemorou a conquista de mais uma medalha de ouro. Com 8,03 m (1.5), ele retornou às provas depois de uma lesão. "A marca é boa para o início de temporada e, claro, que fiquei satisfeito", disse. "Agora é encarar as provas na Europa para assegurar o índice para a Olimpíada", completou o atleta paulista, que compete no dia 28 de maio, em Riga, na Letônia.
Salto triplo feminino - A pernambucana Keila da Silva Costa (BM&FBovespa) conseguiu sua segunda vitória no Troféu Brasil Caixa, ao vencer o triplo com um salto de 14,03 m, com vento contra de 1,3 m/s. "O vento oscilou e estava contra no salto que melhor encaixei, mas de qualquer forma, esperava fazer melhor", disse Keila, que também venceu também o salto em distância (fez 6,70 m e obteve a qualificação para o Rio 2016).
Arremesso do peso feminino - Geisa Rafaela Arcanjo (Pinheiros) venceu pela terceira o Troféu Brasil Caixa, ao marcar 17,35 m na manhã deste domingo - já havia sido campeã em2012 e 2013. Finalista olímpica em Londres 2012 com 19,02 m (recorde pessoal), Geisa quer voltar rapidamente a arremessar acima de 18 m. "Fiquei afastada por quatro meses e estou feliz por voltar sem problemas físicos", disse a atleta, na zona mista da Arena Caixa.
110 m com barreiras masculino - João Vitor de Oliveira (AAARP) surpreendeu o favorito Eder de Souza e venceu com 13.70, com vento contra de 1.4 m/s. Eder (Orcampi/Unimed), que na véspera obteve a qualificação olímpica na semifinal com 13.46, deste vez foi o segundo colocado com 13.82. "Minha prova principal é a dos 400 m com barreiras, mas fiz os 110 m também e consegui um bom resultado", afirmou o atleta, que treina em San Diego com Zequinha Barbosa, vice-campeão mundial dos 800 m e um dos grandes vencedores da prova na história do Troféu Brasil.
Os melhores - A comissão de treinadores, eleita no Congresso Técnico da competição, elegeu Thiago do Rosário André (BM&FBovespa) e Rosângela Santos (Pinheiros) como os destaques individuais do Troféu Brasil Caixa. Thiago André, de 19 anos, venceu os 800 e os 1.500 m, enquanto Rosângela ganhou os 100 e integrou o revezamento campeão do 4x100m.
Confira quem se qualificou para os jogos olímpicos de 2016
e também para o Mundial de Atlestismo de 2015: 
OLIMPÍADA 2016 e CAMPEONATO MUNDIAL 2015
Salto com vara feminino:
Fabiana de Almeida Murer
100m feminino:
Rosângela Santos
Ana Cláudia Lemos
200m feminino:
Ana Cláudia Lemos
Vitória Cristina Rosa
200m masculino:
Aldemir Gomes da Silva Junior
Bruno Lins
400m feminino:
Geisa Coutinho
110m com barreiras masculino:
Eder Souza
Salto em distância feminino:
Keila Costa
Lançamento do disco feminino:
Andressa Oliveira
400m com barreiras masculino:
Hederson Estefani
CAMPEONATO MUNDIAL 2015
400m masculino:
Hederson Estefani
Hugo Balduino
Salto com vara masculino:
Thiago Braz
20km marcha masculino:
Caio Bonfim
Recorde do Troféu Brasil Caixa:
Andressa de Oliveira - lançamento do disco (64,15 m)
Recorde Sul-Americano Juvenil:
Vitor Hugo dos Santos - 100 m (10.22)
O Troféu Brasil Caixa de Atletismo foi uma realização da Confederação Brasileira e da Federação Paulista, com apoio do Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura de São Bernardo com Campo, e patrocínio da Caixa Econômica Federal. 

Foto: Edu Guimarães

Fonte:  http://abcdmaior.com.br/noticia_exibir.php?noticia=66418


Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial