Azulão fica sem acesso e sai do mapa do futebol nacional

Com empate por 0 a 0 com o Botafogo na Série D do Brasileiro, o São Caetano acabou eliminado 


O São Caetano bem que tentou, mas depois de 18 anos disputando divisões do Campeonato Brasileiro, está fora da
competição nacional mais importante do país. Na noite desta sexta-feira (16/10), o Azulão apenas empatou por 0 a 0 com o Botafogo, de Ribeirão Preto, e acabou eliminado nas quartas de final da Série D, já que havia perdido o jogo de ida. Agora, para regressar ao Brasileiro terá que primeiramente subir na Série A-2 do Campeonato Paulista, e uma vez na elite, fazer uma ótima campanha para alcançar novamente a quarta divisão nacional.
O primeiro tempo foi sofrível, literalmente. Dentro de campo, pouco jogo, tirando as bolas paradas de ambos os lados. Com a vantagem do primeiro jogo debaixo do braço, o Fogo ficou atrás e deixou a bola para o Azulão, que não sabia o que fazer com a mesma. Tirando algumas defesas do goleiro Neneca, em lances alçados à área, a única jogada construída pelos mandantes aconteceu já aos 45 minutos. De fora do gramado, a torcida que não parava de entrar durante a etapa inicial, roía as unhas.
Já o segundo tempo começou em outro ritmo. Buscando a individualidade, já que o coletivo não prosperava, o Azulão chegou a rondar a área dos visitantes e criar alguns lances que tiraram algum suspiro do torcedor. Do outro lado, se utilizando do espaço oferecido, o Botafogo também era mais perigoso.

Ex-Ramalhão, goleiro Neneca impediu acesso do Azulão
Neto, que sentiu lesão, acabou substituído pelo atacante Wesley, na tentativa de aumentar o poderio ofensivo. Ainda muito na base da vontade, o time do ABCD ameaçava. Pouco depois, Daniel Costa saiu para a entrada de Xuxa, um meia por outro. Vitinho fez falta no armador que havia acabado de entrar, levou o segundo amarelo, e deixou o time de Ribeirão Preto com um a menos em campo.
A chance do Azulão estava aí. A pressão aumentou. Aos 29 minutos, a melhor chance. Primeiro Wesley, de dentro da área, chutou colocado e acertou o travessão. Na sequência, Xuxa chegou batendo e por pouco não fez. Na última tentativa, o técnico Luis Carlos Martins tirou Leandro Carvalho para colocar Ângelo.
Aproveitando o cansaço evidente da zaga botafoguense, o São Caetano se jogou ao ataque. Arthur, após passe de Bruno Recife, chutou fraco e a zaga tirou em cima da linha. Aos 36, a torcida da casa acendeu sinalizadores e o jogo ficou parado por um breve instante, seguido de uma briga entre os próprios.
O clima quente era nítido, a pressão forte, mas apesar de toda busca pelo gol, o grito ficou entalado e o Azulão acabou eliminado, decepcionando um estádio quase lotado. Para fechar, o atacante Nunes, ídolo do Santo André, não deixou de provocar a torcida azul.

Fonte:  http://www.abcdmaior.com.br/materias/esportes/azulao-fica-sem-acesso-e-sai-do-mapa-do-futebol-nacional
Share on Google Plus

Sobre Breno Junior

Lado a Lado com o esporte do Grande ABC. Amante e entusiasta do Esporte no interior do ABCDM.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial